NOTÍCIAS
21/08/2014 | 19h12

Sustentabilidade

Kangoo elétrico rodará também nas ruas de Salvador

Furgão Renault será usado para entregas com emissão zero de gás carbônico


REDAÇÃO AB

Dois veículos Renault Kangoo Z.E. (de Zero Emissão) entraram para a frota da transportadora TPC. O anúncio foi feito na abertura do 2º Fórum Nordeste Logística ADVB em Salvador (BA). O furgão 100% elétrico foi escolhido para fazer parte do Programa de Logística Sustentável da TPC, que busca a redução das emissões de gás carbônico em suas atividades de logística urbana.

Um deles fará entregas de cosméticos Natura. O Kangoo Z.E. é o primeiro furgão com emissão zero de CO2 disponível no mercado. A versão tem a mesma capacidade de carga (650 quilos) da equivalente com motor de combustão interna e o mesmo padrão de conforto. Seu propulsor elétrico tem 60 cavalos e 23,1 kgf.m de torque. A autonomia, segundo a Renault, é de 170 quilômetros.

“Buscamos alternativas para redução de emissão de CO2 em operações urbanas (...) Decidimos testar esse transporte e estendê-lo às Regiões Norte e Nordeste”, diz o presidente do Grupo TPC, Leonardo Barros.

O Kangoo para transporte de cosméticos fará cerca de 70 entregas diárias na região metropolitana de Salvador. Um posto de recarga será instalado no centro de distribuição do Grupo TPC em Simão Filho (BA). Com um custo médio de R$ 5 por carga elétrica, ele rodará entre 80 e 120 km por dia.

Há outros projetos de mobilidade urbana elétrica em andamento no País por intermédio de parcerias com instituições como a Itaipu Binacional (veja aqui), CPFL Energia – Companhia Paulista de Força e Luz, Prefeitura Municipal de Curitiba, Governo do Distrito Federal e CEB - Companhia Energética de Brasília.

Em julho, os Correios, que pretendem reduzir suas emissões de CO2 em 20% até 2020, começaram a testar um Kangoo Z.E. para a entregas em Curitiba e Brasília.

Em Curitiba está em curso também o Projeto Ecoelétrico, com dez Renault em operação, cinco Zoe, três Kangoo Z.E. e dois Twizy. Em Brasília há o Projeto Ecomóvel, com sete elétricos Renault, três Zoe, três Kangoo Z.E. e um Twizy.

Além dos veículos cedidos em comodato para experimentos, a Renault já vendeu cerca de 70 unidades da gama Z.E. (Zero Emissão) no Brasil.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 20/09/2017
Salão de Frankfurt mostra que evolução da mobilidade também atrai público

Esta coluna é apoiada por:

Documento sem título
Advertisement Advertisement Advertisement
DE CARRO POR AÍ | 22/09/2017
Leve renovação exterior com adição de sistemas de segurança
AUTOINFORME | 21/09/2017
Empresa se prepara para grandes mudanças na indústria
INOVAÇÃO | 15/08/2017
Indústria automotiva precisa abrir os olhos para novas formas de trabalhar
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
Negócios | 08/03/2017
Tecnologia faz parte da receita para sair da crise
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes