Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Sustentabilidade | 14/08/2014 | 16h45

Honda recebe selo ouro no Programa Brasileiro GHG Protocol

As duas fábricas foram reconhecidas por nível de emissões de CO2

REDAÇÃO AB

A Honda conquistou duplamente o reconhecimento máximo no Programa Brasileiro GHG Protocol, ferramenta do World Resources Institute (WRI) usada para quantificar as emissões de gases geradores do efeito estufa. Pela primeira vez, ambas as fábricas da Honda no Brasil, tanto a de motocicletas quanto a de automóveis, ganharam o selo ouro pela divulgação e verificação do inventário de emissão de CO2 nos três escopos avaliados: direta, indireta pela compra de energia e outras emissões indiretas.

É a primeira vez que a planta de motos (Moto Honda da Amazônia) recebe a premiação e a quarta consecutiva da Honda Automóveis do Brasil. A empresa foi a primeira do setor automobilístico a divulgar o inventário de emissões de CO2 nos três escopos avaliados e a única representante deste mercado entre as 26 companhias que obtiveram o reconhecimento máximo. Hoje a metodologia é a mais usada no mundo por empresas e governos na elaboração de inventários de emissões.

Para Arthur Signorini, gerente de sustentabilidade da Honda América do Sul, o selo de ouro do GHG Protocol mostra o compromisso da marca na busca de soluções que reduzam os impactos ambientais das suas atividades, além da contribuição para o futuro das próximas gerações. “Receber o selo ouro é um reconhecimento ao trabalho contínuo realizado pela Honda para o desenvolvimento de processos e tecnologias sustentáveis em nossas instalações e produtos.”



Tags: Honda, sustentabilidade, fábrica, GHG, Programa Brasileiro GHG Protocol, Arthur Signorini.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência