Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Trabalho | 11/08/2014 | 11h40

GM tornará layoff oficial em São José dos Campos

Sindicato ainda não sabe quantos terão contratos de trabalho suspensos

REDAÇÃO AB

Terminou sem acordo na sexta-feira, 8, uma reunião entre a General Motors e o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos (SP) e Região. Segundo a entidade que reúne os trabalhadores, a montadora tornará oficial nesta semana a proposta de layoff, suspensão temporária dos contratos de trabalho, que será submetida aos trabalhadores.

A GM não informa quantos trabalhadores terão seus contratos de trabalho suspensos nem em que setores. O sindicato acredita em aproximadamente mil. Em comunicado emitido no dia 8, a fabricante reafirmou ao sindicato que garantirá aos empregados envolvidos no layoff que eles retornarão ao trabalho após este período. Por temer a demissão em massa, porém, o sindicato vai intensificar a campanha pela estabilidade no emprego, pleiteada desde a segunda quinzena de julho, quando a GM comunicou sua intenção de realizar o layoff em São José dos Campos com a distribuição de material impresso.

Os representantes dos metalúrgicos recordam que um ano atrás a GM assinou um acordo com o sindicato em que previa R$ 2,5 bilhões para a produção de um novo carro na fábrica, com a geração de 2,5 mil postos de trabalho. Até o momento, porém, a General Motors não oficializou o compromisso. Atualmente, a unidade vale-paraibana produz a picape S10, o utilitário esportivo Trailblazer, kits para exportação e motores, entre outros itens.



Tags: GM, General Motors, sindicato, São José dos Campos, layoff, S10, Trailblazer.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência