Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Legislação | 05/08/2014 | 19h50

Governo prorroga benefícios para Zona Franca de Manaus

Política tributária que minimiza custos terá vigência até 2073

REDAÇÃO AB

Em solenidade realizada na terça-feira, 5, o Congresso Nacional prorrogou por mais 50 anos, portanto, até 2073, a Emenda Constitucional que concede incentivos fiscais especiais para a Zona Franca de Manaus (ZFM), cuja vigência atual dos benefícios se encerraria em 2023. O modelo apresenta uma política tributária diferenciada do restante do País, que minimiza os custos relacionados à localização da região.

Esta é a quarta prorrogação do modelo ZFM, instituído pelo Decreto de Lei 288, de 1967. A primeira prorrogação, em 1986, se estendeu por 10 anos. Com a promulgação da Constituição, em 1988, a Zona Franca de Manaus teve novamente seu prazo modificado, estabelecendo uma nova validade dos incentivos fiscais por 25 anos, até 2013. Em 2003, a edição da Emenda Constitucional nº 42 estendeu por mais 10 anos, com validade prevista até 2023.

O setor de motocicletas é um dos diversos ramos presentes no Polo Industrial de Manaus (PIM) a se beneficiar com mais uma prorrogação do modelo ZFM. O setor de duas rodas é o segundo mais importante da região, com participação de 16% e faturamento de R$ 13 bilhões, ficando atrás apenas do eletroeletrônico. Na cerimônia realizada em Brasília, o setor foi representado pela Abraciclo, associação que reúne as fabricantes, a maior parte delas com fábricas na capital do Amazonas.

“A ZFM foi criada a fim de estimular a atividade econômica da região e consagrou uma cadeia socioeconômica bastante sólida. O polo é responsável, não só pela produção, mas também pela formação e capacitação de seus trabalhadores, onde são empregados milhares de famílias da região”, afirma Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

Para Thomaz Nogueira, superintendente do Suframa, órgão gestor da Zona Franca, a prorrogação impacta de forma positiva para a manutenção e atração de investimentos na região, proporcionando maior segurança jurídica às empresas que atuam no polo industrial: “Agora, pode-se comemorar a manutenção, pelo menos por cinco novas décadas, de um modelo econômico estratégico que emprega, preserva, integra e distribui riquezas, exercendo, enfim, um papel decisivo na consolidação de novas fronteiras de desenvolvimento para todo o País”.



Tags: Zona Franca de Manaus, indústria, incentivos fiscais, Abraciclo.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência