Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Duas Rodas | 17/07/2014 | 16h24

Scooters e motos grandes ganham espaço no País

Motonetas tiveram alta de 31,8% e modelos acima de 450 cc, de 11,5%

MÁRIO CURCIO, AB

Em movimento contrário ao do mercado de motos como um todo (veja aqui), a venda de scooters e de modelos de alta cilindrada cresceu no primeiro semestre de 2014. De janeiro a junho foram repassados das fábricas aos concessionários 20,4 mil scooters, alta de 31,8% sobre igual período de 2013.

No caso das motocicletas acima de 450 cc, as 25,5 mil unidades repassadas na primeira metade do ano resultaram em crescimento de 11,5% sobre os mesmos seis meses do ano passado. Os números foram divulgados pela Abraciclo, associação que reúne fabricantes de motos e bicicletas instaladas em Manaus.

As altas refletem lançamentos como o scooter Honda PCX 150 (atual líder do segmento, com 9,6 mil unidades repassadas à rede), o Dafra Maxsym 400 e a boa aceitação do Dafra Citycom 300, que de janeiro a junho teve 2.075 unidades repassadas à rede, acréscimo de 61,6% sobre os mesmos meses do ano passado.

A alta para as motos acima de 450 cc também tem a ver com lançamentos Honda, especialmente as motos CB 500F, CB 500X e CBR 500R, e também da ampliação da produção da fabricante Triumph e do aumento de sua rede. Das 1.261 motos vendidas no atacado no primeiro semestre de 2013, a Triumph passou a 2.245 na primeira metade de 2014, resultando em alta de 78%.

Vale dizer que a venda total de motos no atacado neste primeiro semestre somou 716,8 mil unidades, registrando queda de 12,2% ante o mesmo período de 2013. Para ver as vendas no atacado de cada fabricante, acesse aqui.

BURGMAN 125i NÃO ACOMPANHA BOM MOMENTO DOS SCOOTERS

Apesar do crescimento acentuado na venda de scooters neste primeiro semestre, o Suzuki Burgman 125i não demonstra o mesmo fôlego. De janeiro a junho de 2013 a J Toledo Suzuki havia repassado à sua rede 3.529 unidades do modelo. No primeiro semestre do ano atual esse número foi de 1,9 mil unidades, resultando em queda de 46,2%.

O Burgman 125 foi lançado na metade da década anterior e perdeu a liderança em 2010, ano seguinte ao lançamento do Honda Lead 110, que terminou 2013 na liderança, mas perdeu o trono em 2014 para o Honda PCX 150.



Tags: Motos, motocicletas, scooters, Abraciclo, alta cilindrada, Honda, Triumph, Lead, PCX 150, Citycom, Maxsym, Burgman.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência