Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Aftermarket | 15/07/2014 | 15h18

Motopeças: cresce faturamento da Cofap-Marelli

Lançamentos e força das marcas garantiram alta de 40% no semestre

REDAÇÃO AB

No primeiro semestre, o faturamento das motopeças Cofap e Magneti Marelli teve alta de 40% na comparação com os primeiros seis meses de 2013. O crescimento ficou acima da média do setor de motos por causa de lançamentos e campanhas promocionais. “Mesmo que 2013 não tenha sido bom para o segmento de motos novas, o mercado brasileiro já dispõe de uma frota circulante robusta”, afirma o gerente de marketing de produto da linha Cofap, José Henrique Carpigiani. Segundo estudo do Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças), a frota circulante em 2013 superou 13 milhões de motos, com média etária próxima de seis anos.

A lista de produtos de reposição inclui amortecedores, tubos internos, kits de transmissão e kits de motor com a marca Cofap, mais filtros, bielas, baterias e lâmpadas vendidos como Magneti Marelli. Segundo a fabricante de autopeças, os componentes para suspensão cobrem 90% da frota. Mais de 15 novos produtos entraram no mercado só neste ano e outros códigos estão chegando.

“Pela receptividade que os produtos têm e pela percepção de qualidade gerada por nossas marcas, o segmento de motopeças já pode ser considerado estratégico na empresa e recebe atenção especial, tanto que pretendemos lançar novas linhas no segundo semestre de 2014”, completa Carpigiani.



Tags: Cofap, Magneti Marelli, motopeças, amortecedores, kits de transmissão, José Henrique Carpigiani, filtros, bielas.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência