Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Tecnologia | 08/07/2014 | 13h50

Intel investe em conectividade veicular e direção autônoma

Quer acelerar desenvolvimento de soluções de infoentretenimento

REDAÇÃO AB

De olho no futuro cada vez mais próximo e promissor rumo à conectividade veicular, a Intel, que fabrica tecnologias para dispositivos computacionais de todo o mundo, anuncia importantes investimentos no setor automotivo. A empresa acaba de lançar uma família de soluções de hardware e software, a Intel In-Vehicle Solutions, com o intuito de acelerar o processo de inovação para carros conectados e direção autônoma. Os produtos, segundo a empresa, devem contribuir para reduzir em 12 meses o tempo de desenvolvimento de soluções de infoentretenimento, além de diminuir 50% dos custos.

A empresa também reservou um fundo de US$ 100 milhões da Intel Capital para o “Carro Conectado”. O investimento, que vem sendo aplicado desde 2012, visa acelerar a conectividade entre veículos e dispositivos eletrônicos. Será aplicado em pesquisas tecnológicas voltadas a fazer o carro evoluir e se informar melhor para ajudar o motorista e, eventualmente, assumir o controle sozinho.

Os mais recentes investimentos deste fundo da Intel foram aplicados na parceira ZMP, desenvolvedora de plataforma de condução autônoma e carros conectados a sensores, radares e câmeras. Outros investimentos automotivos feitos pela Intel Capital incluem a CloudMate, provedora de agregação de dados e da conectividade em nuvem necessária para as futuras soluções; a Mocana, que oferece segurança para a plataforma com uma solução de escudo para apps móveis; e a Tobii Technology, que aplica a tecnologia de computação perceptiva para melhorar os aplicativos de ajuda ao motorista.

“Para fortalecer ainda mais a parceria tecnológica da Intel com a indústria automotiva e prepará-la para o futuro, estamos combinando toda nossa experiência em eletrônicos de consumo e TI empresarial com investimentos automotivos holísticos abrangendo desenvolvimento de produtos, parcerias com a indústria e esforços para pesquisas inovadoras”, explica em nota Doug Davis, vice-presidente corporativo do Grupo Internet das Coisas da Intel. “Nosso objetivo é estimular a evolução dos recursos convenientes disponíveis atualmente nos carros para melhorar os recursos de segurança do futuro e, eventualmente, as capacidades de autocondução”.

Segundo Davis, o grupo Internet das Coisas da Intel obteve receita de US$ 482 milhões no primeiro trimestre, o que representa uma alta de 32% ano a ano, estimulada pela forte demanda para os sistemas de infotreteinmento veicular. “A Intel acredita que a tecnologia que equipará o futuro da condução está evoluindo rapidamente, e por meio de pesquisas, investimentos e novos produtos, a empresa pode ajudar a indústria a definir o futuro das experiências de condução e levá-las ao mercado mais rapidamente.”

A INTEL IN-VEHICLE SOLUTIONS

A Intel explica que a Intel In-Vehicle Solutions é uma família de produtos de hardware e software projetada para habilitar as montadoras e seus fornecedores a oferecerem de forma mais rápida e fácil as experiências veiculares que os consumidores desejam, ao mesmo tempo em que reduz o custo de desenvolvimento deles. A família de produtos inclui uma gama de módulos computacionais, um pacote de software integrado contendo sistema operacional, mais middleware e kits de desenvolvimento. Todos são usados para o desenvolvimento dos veículos.

A Intel espera que a sua estratégia de plataforma padronizada, baseada em hardware e software integrados e validados, reduza o tempo de desenvolvimento e custos, permitindo assim que as montadoras apliquem seus recursos de engenharia para inovações tecnológicas e melhores experiências dentro do carro.

PESQUISAS

Um dos projetos que a Intel tem em andamento é a “Pesquisa da Experiência Pessoal no Veículo”, que procura compreender a diversão e o aborrecimento que as pessoas experimentam quando usam seus carros. O estudo busca descobrir o que os consumidores desejam de seus carros e como eles podem ser mais adaptáveis, previsíveis e interativos com os motoristas e os arredores.

A Intel também entende que a segurança é primordial para o futuro dos carros. Para tanto, o projeto “Protegendo o Meu Carro Conectado” procura compreender os desafios e o cenário de ameaças do carro conectado. O estudo demonstra a vulnerabilidade potencial do sistema telemático do carro e demonstra como a proteção da memória pode defender os principais software e hardwares do veículo. Esta tecnologia pode, posteriormente, ser pareada com a tecnologia da lista segura da McAfee da Intel Security para proteger totalmente o carro conectado.

Além destes estudos, especialistas da Intel estão trabalhando em uma variedade de pesquisas que buscam tornar as estradas mais seguras, além de coletar dados sobre a maneira mais segura e intuitiva para os motoristas interagirem com seus veículos. A empresa aposta que sensores avançados, computação e dados interconectados revolucionarão a maneira como as pessoas trabalham e se conectam umas com as outras.

Atualmente, a tecnologia da Intel é usada no sistema de navegação profissional da BMW para todos os seus modelos de veículos, no sistema de infotretenimento Infiniti InTouch do Infiniti Q50 e no sistema de informação para motoristas do novo Hyundai Genesis 2015. A Intel diz que tem se alinhado com montadoras para desenvolvimento de novas pesquisas.



Tags: Intel, tecnologia, segurança, conectividade, direção autônoma.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência