Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Caoa participa forte da alta da Hyundai
Vendas do ix35 no 1º semestre cresceram 25,5% sobre igual período de 2013

Mercado | 03/07/2014 | 19h04

Caoa participa forte da alta da Hyundai

Grupo controla 120 revendas da marca e produção local de comerciais e SUVs

MÁRIO CURCIO, AB

Se a Hyundai é hoje a quinta maior no Brasil em automóveis, a oitava em comerciais leves e a sexta na combinação dos dois segmentos, boa parte desses méritos se deve ao Grupo Caoa, que sozinho controla 120 concessionárias Hyundai.

Destas, 90 vendem modelos importados da Coreia do Sul ou nacionalizados em Anápolis, Goiás, caso de Tucson, ix35 e do utilitário HR, montados em uma fábrica erguida pela própria Caoa. As outras 30 concessionárias são somente para a linha HB20, o que significa que o Grupo Caoa detém 38,5% das revendas dedicadas aos carros montados em Piracicaba, neste caso por conta da gigante sul-coreana.

O grupo também é afetado pela retração (de cerca de 35%) na venda de importados. “Tivemos de reajustar preços, mas compensamos parte dessa queda aumentando as vendas dos modelos produzidos em Anápolis”, afirma o diretor de marketing, rede e pós-venda, Anselmo Borgheti.

No primeiro semestre deste ano o ix35 teve 7.026 unidades vendidas, alta de 25,5% sobre o mesmo período do ano passado. Os emplacamentos do veterano Tucson cresceram menos, 6,9%, mas as 8.692 unidades lacradas foram suficientes para que o utilitário esportivo garantisse a terceira posição no segmento, atrás apenas de Ford EcoSport e Renault Duster.

Outro modelo goiano que está bem na fita é o utilitário HR, caminhãozinho a diesel cujos emplacamentos de janeiro a junho somaram 3.862 unidades, alta de 18,7%. Como comparação, o concorrente Kia Bongo teve 2.099 unidades vendidas, registrando crescimento de 5,7% sobre a mesma base de comparação.

“Devemos vender até o fim do ano cerca de 50 mil unidades dos modelos feitos em Anápolis. Dos importados, serão aproximadamente 30 mil”, afirma Borgheti, que preferiu não arriscar uma previsão para a linha HB20 dentro do grupo. “Temos vendido entre 2,5 mil e 3 mil unidades por mês”, diz.



Tags: Hyundai, Caoa, Anselmo Borgheti, Tucson, ix35, HB20, Anápolis, Piracicaba, EcoSport, Duster.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência