Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Internacional | 03/07/2014 | 18h53

BMW investirá US$ 1 bilhão no México

Será a terceira fábrica nas Américas: uma opera nos EUA, a segunda está no Brasil

REDAÇÃO AB

A BMW confirmou na quinta-feira, 3, que construirá sua primeira fábrica no México, na cidade de San Luis Potosí, no estado de mesmo nome localizado na região central do país e para a qual destinará investimento de US$ 1 bilhão.

“O México é um local ideal para o Grupo BMW e será mais uma planta importante dentro de nossa rede de produção. A produção está prevista para começar em 2019 e naquele ano, a força de trabalho vai atingir cerca de 1,5 mil pessoas”, disse Harald Krüger, membro do conselho de gestão da BMW, responsável pela produção do grupo.

A unidade terá capacidade anual de 150 mil unidades, acrescentou o executivo, que não deu mais detalhes sobre a operação. Sobre os modelos a serem produzidos no México, Krüger afirma que serão anunciados posteriormente.

“Esta decisão reforça nosso compromisso com a região do Nafta. Temos fabricado os carros da BMW em nossa fábrica de Spartanburg, nos Estados Unidos, nos últimos 20 anos. Com esta capacidade produtiva adicional no México, o Grupo BMW estará ainda melhor posicionado para tirar proveito do potencial de crescimento na região inteira”, disse Krueger e finalizou: “As Américas estão entre os mercados em crescimento mais importantes para o Grupo BMW que continuará a conduzir a estratégia que é ‘produção para seguir o mercado’”.

O presidente do México, Enrique Peña Nieto, comemorou o investimento do Grupo BMW (que prevê aplicar um total de US$ 2,2 bilhões na região Nafta até 2019) e defendeu a posição do país na estratégia global das montadoras, citando também o anúncio recente de Daimler e Renault-Nissan, que investirão € 1 bilhão em uma fábrica em Aguascalientes (leia aqui).

“O México é um fornecedor de veículos de nível mundial e para continuar a conduzir essa dinâmica, o governo está trabalhando em quatro eixos: fortalecimento do mercado interno, melhora do ambiente de negócios, ampliação do acesso aos mercados internacionais e promoção da pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação”, disse Nieto.

Lembrou ainda que o país tem acordos de livre comércio com mais de 40 países (incluindo Brasil), o que permite a exportação livre de impostos para diversos mercados, o que ajuda a compensar flutuações cambiais.



Tags: BMW, investimento, México, fábrica.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência