Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Financiamentos de veículos recuam 7%

Crédito | 24/06/2014 | 19h25

Financiamentos de veículos recuam 7%

Participação de CDC e leasing diminuiu, enquanto a do consórcio subiu

REDAÇÃO AB

O volume de financiamento de veículos leves, pesados e motocicletas via CDC (Crédito Direto ao Consumidor), consórcio e leasing apresentou retração de 7% de janeiro a maio deste ano na comparação com igual intervalo do ano passado. Foram financiados nos primeiros cinco meses de 2014 cerca de 2,5 milhões de veículos entre novos e usados, ante os 2,7 milhões anotados em mesmo período de 2013.

Os usados representaram 1.292 dos veículos financiados até maio último e os novos, 1.281. Os números foram divulgados pela Cetip, que opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), base integrada de informações que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos utilizados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil.

Em valor, a queda no acumulado foi de mais de 8%, passando de R$ 70,6 bilhões faturados com financiamentos nos primeiros cinco meses de 2013 para R$ 64,4 bilhões em igual período deste ano.

O CDC, a modalidade mais procurada, foi responsável por 2,1 milhões dos financiamentos até maio, contra 2,2 milhões no mesmo período do ano passado. A participação do leasing também caiu: de 39 mil para 38 mil unidades. Já a do consórcio teve leve aumento, de 360 mil unidades para 363 mil, na mesma base de comparação.

O segmento de veículos leves respondeu sozinho por 1,1 milhão dos financiamentos, em queda de 3% em relação a 2013. Enquanto o de motos teve 408 mil delas financiadas, 20 mil a menos do que nos primeiros cinco meses de 2013.

MAIO

Somente em maio foram financiados no País 532,7 mil veículos. Desse total, 272,2 mil (51,1%) foram veículos novos e 260,4 mil (48,9%) usados. O volume representa avanço de 3% em relação a abril, mas queda de 6% na comparação com maio do ano passado.

As concessões de crédito somaram R$ 14,3 bilhões em maio, mostrando uma alta de 5% sobre abril. Desse total, R$ 8,2 bilhões foram gerados com veículos novos e R$ 6,2 bilhões com usados.

A modalidade de financiamento mais procurada em maio foi o CDC, com 81,4% de participação nas operações. Consórcio aparece com 15% e leasing, com 3,6% dos financiamentos.

Os automóveis leves representaram 76,7% dos financiamentos; as motos, 17,6%; ônibus e caminhões, 5,3%; e outros meios de transporte, como barcos, 0,4%.

O prazo médio dos financiamentos foi de 36 meses para veículos novos e de 43 meses para modelos com 4 a 8 anos de uso.

Dentre as marcas mais financiadas em maio, na primeira posição aparece a Fiat, com 86,3 mil veículos; seguida por Chevrolet, com 83,8 mil unidades; Volkswagen, com 82,6 mil; Ford, com pouco mais de 39 mil unidades; e, em quinto lugar, a Renault, com 21,1 mil veículos financiados.

Dentre os carros, o Gol, que é o líder de vendas, teve 32 mil unidades financiadas; Palio registrou 27,1 mil unidades; Fiesta, 18,3 mil; Uno, 17 mil; e Celta, 13,6 mil unidades financiadas por CDC, leasing ou consórcio.

Para ver o estudo completo da Cetip, acesse aqui.



Tags: Cetip, financiamento, SNG, carros, motos, caminhões, consórcio, leasing, CDC.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência