Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Combustíveis | 18/06/2014 | 14h05

Governo deve testar nova mistura de etanol à gasolina

Segundo agência Reuters, experimentos serão feitos por dois meses

REDAÇÃO AB

O governo federal deve recorrer à iniciativa privada a fim de fazer testes que demonstrem a viabilidade técnica de adição de até 27,5% de etanol anidro à gasolina. A informação foi divulgada pela Reuters. Uma fonte da agência de notícias indica que os testes devem durar dois meses, serão feitos com diferentes motores e terão início o quanto antes.

Os fabricantes de automóveis são contrários ao aumento de 2,5 pontos porcentuais de etanol anidro à gasolina pela possibilidade de redução de desempenho e durabilidade dos motores. Atualmente, a proporção de etanol anidro adicionado à gasolina é de 25%.



Tags: Etanol, anidro, gasolina, adição.

Comentários

  • Jonas Andrade

    Até nisso esse des-Governo toma decisão errada; poxa estou comprando Gasolina então eu quero Gasolina no meu tanque!!! Preparem-se para trocar os retentores do motor do seu carro a cada 20MIL km pq o álcool simplesmente resseca as borrachas das válvulas fazendo o carro queimar óleo na câmera de combustão. Ridículo essa intervenção do Estado em relações de consumo no pais.

  • GELSON

    MAS QUE FIASCO É ESSE DENOVO,ESSA MEDIDA VAI FAZER COM QUE O PAÍS GASTE BILHÕES DE LITROS DE COMBUSTIVEL A MAIS POR ANO ,PORQUE O ETANOL FAZ MENOS MÉDIA ,ENQUANTO SE LIBERASSEM O CARRO A DIESEL COMO NA EUROPA E ESTADOS UNIDOS TERIAMOS UMA ECONOMIA DE BILHÕES DE LITROS POR ANO EM DECORENCIA DA ECONOMIA DESSES MOTORES,MAS NOSSOS GOVERNOS NÃO LEVAM JEITO MESMO PARA FAZER UM PAÍS ANDAR PRA FRENTE.

  • Rafael

    O pior disso é que a vida útil dos motores diminui em muito. A gasolina é oleosa e o álcool não. isto contribui para o desgaste prematuro das peças de desgaste do motor.

  • Agnaldo Casagrande

    Realmente este governo tem interferido não lhe cabe. Por que não reduz a quantidade de alcool na gasolina, tornando o etanol mais barato na bomba? desta forma reduziria o consumo de gasolina. Afinal de contas, foi resultado da falta de iniciativa dele a limitada capacidade de refino de petróleo em nosso país.

  • Rodrigo H.A.

    É um absurdo! Vida útil do motor para que? Me digam, e os carros mais antigos??? E o veículos importados que utilizam apenas gasolina? Estão forçando o consumidor a adquirir um carro flex brasileiro, eu não quero!!! Maldito governo, atraso do desenvolvimento! E o pior, se querer poluir menos, que incentivem o desenvolvimento de veículos elétricos, e não o contrário, como ocorre atualmente, onde os híbridos chegam a custar quase o dobro do mesmo modelo a gasolina!

  • R. Corrêa

    Concordo com o comentário do Gelson, os motores a Diesel têm muito mais tecnologia embarcada e proporcianam uma economia que não se encontra em motores a Gasolina quando está é "poluída" com o Etanol e muito menos em motores com "tecnologia" Flex que para mim não passam de gambiarras sem eficiência! Mais uma decisão do governo que só tende a prejudicar o Brasil!

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência