Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Combustíveis | 28/05/2014 | 15h50

Governo federal aprova aumento do biodiesel ao diesel

Mistura vai subir de 5% para 6% a partir de julho e chegará a 7% em novembro

REDAÇÃO AB COM AGÊNCIA BRASIL

O governo federal anunciou na quarta-feira, 28, que a mistura obrigatória de biodiesel ao diesel vendido ao consumidor final será elevada de 5% para 6% a partir de julho. Em novembro, o percentual aumentará para 7%. A alteração será feita por meio de medida provisória a ser encaminhada ao Congresso Nacional.

A presidente Dilma Rousseff disse que a medida vai permitir o pleno uso da capacidade de produção de biodiesel no País, reduzindo a importação do óleo diesel, além de beneficiar agricultores familiares com geração de renda. Segundo a presidente, cada ponto percentual a mais da mistura do biodiesel ao diesel corresponde a uma redução de importação de 600 milhões de litros de óleo diesel.

“A elevação desse percentual está perfeitamente aliada à política brasileira de diversificação energética, com ênfase em energia renovável e limpa. Essa ampliação possibilitará redução da emissão de 23 milhões de toneladas de gás carbônico até 2020, posicionando melhor o Brasil nas metas com as quais se comprometeu diante da ONU (Organização das Nações Unidas),” disse o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, ao anunciar os novos percentuais. Ele acrescentou que, com a mudança, o País deixará de importar 1,2 bilhão de litros de diesel por ano.

O Programa Nacional de Biodiesel instituiu o percentual de 2% da mistura, em 2008, e, em 2010, subiu para 5%, depois disso não haviam ocorrido mudanças.

A presidente Dilma Rousseff acredita que a medida não vai gerar impacto significativo na inflação. “Não podemos desconhecer que cada vez que introduzimos combustível na matriz precisamos avaliar o efeito sobre os preços, sobre a inflação, porque, senão, seríamos inconsequentes. Temos certeza, por todo os dados, que nessa conjuntura presente não há impacto significativo nos preços. Aliás, o impacto é muito residual e isso também mostra que, pelo lado do uso do biodiesel, não estamos onerando o conjunto da população brasileira, o que é muito relevante”, explicou Dilma.



Tags: Diesel, biodiesel, combustível, óleo, Dilma.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência