Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Segurança | 22/05/2014 | 19h20

Toyota convoca novo recall global com 466 mil veículos

16 mil sedãs podem ter defeito no freio; 450 mil minivans, no estepe

REDAÇÃO AB

A Toyota anunciou na quinta-feira, 22, novo recall global. Segundo a montadora, a campanha envolve desta vez 466 mil minivans e carros no mundo, principalmente nos Estados Unidos, diante de possíveis freios defeituosos e perda de pneu sobressalente. Nenhum dos modelos é vendido no Brasil.

Estão sendo convocados proprietários de cerca de 16 mil sedãs Lexus GS de ano/modelo 2013 por causa de um interruptor no sistema de freios, o que poderia provocar uma desaceleração inesperada do veículo. Dos carros afetados, cerca de 10,5 mil foram vendidos nos Estados Unidos, 1,9 mil na Europa, 1,4 mil na China e 1,4 mil em outros mercados, disse o porta-voz da Toyota, John Hanson, em entrevista ao site Automotive News. A Toyota se prontificou em substituir o conjunto de suporte do pedal no próximo mês.

Além destes modelos, 450 mil minivans Toyota Sienna, de anos modelo 2004-2011, também deverão ser consertadas. Elas foram vendidas em países de clima frio e que usam sal na estrada para derreter o gelo. Cerca de 370 mil delas circulam nos Estados Unidos, 80 mil no Canadá e 400 na Europa Ocidental. Em contato com o sal, o cabo que segura o estepe do veículo pode ser corroído, desprendendo o pneu. A Toyota diz que já havia convocado minivans em 2010 por este mesmo motivo, mas que o conserto feito na época não foi suficiente. Ainda não há uma nova data definida para a nova inspeção das minivans, disse o porta-voz.



Tags: Toyota, recall, segurança, Estados Unidos, minivans.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência