Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Balanço | 19/05/2014 | 20h37

Paccar: conselho declara aumento nos dividendos trimestrais

Alta reflete bons resultados operacionais obtidos pela companhia

REDAÇÃO AB

O Conselho de administração da Paccar Inc. declarou aumento nos dividendos trimestrais de US$ 0,20 para US$ 0,22 por ação. O montante será pago em 5 de junho de 2014 aos acionistas registrados no encerramento dos negócios em 19 de maio de 2014.

“O aumento nos dividendos trimestrais reflete os fortes resultados operacionais da Paccar”, afirmou o presidente executivo da companhia, Mark Pigott. “No primeiro trimestre de 2014, o lucro líquido aumentou para US$ 273,9 milhões (US$ 0,77 por ação diluída), como resultado do aumento nas vendas de caminhões na América do Norte e do crescimento nos ativos de serviços financeiros e receitas de peças de reposição em todo o mundo.”

A Paccar registra lucro líquido há 75 anos consecutivos e tem distribuído dividendos todos os anos desde 1941. As ações da companhia têm apresentado desempenho superior ao índice S&P 500 no período de um, cinco, dez e vinte anos.

A Paccar atua em design, fabricação e suporte ao cliente no segmento de caminhões de leves, médios e pesados sob as marcas DAF, Kenworth e Peterbilt. Também projeta e fabrica motores a diesel, fornece serviços financeiros e de tecnologia da informação e distribui componentes para caminhões.



Tags: Paccar, Mark Pigott, DAF, Kenworth, Peterbilt.

Comentários

  • Mark

    Òtima tática! aumentar miseravelmente os dividendos, pra esconder que a bolha tá inchada e pronta pra estourar, ainda mais com o péssimo investimento DAF no Brasil, que até agora só deu prejuízos!

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência