Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Com novo Atego, Mercedes-Benz quer a liderança

Comerciais | 11/04/2014 | 19h30

Com novo Atego, Mercedes-Benz quer a liderança

Semipesado ganhou conceito Econfort e chega com preço de R$ 240 mil

CAMILA FRANCO, AB

Como parte de um investimento de R$ 1 bilhão no período de 2014 a 2015, a Mercedes-Benz lança no mercado nacional o Atego 2430. O caminhão semipesado, com configuração 6X2, que começou a ser fabricado este mês e que chega às concessionárias em maio, será vendido por R$ 235 mil com transmissão manual ou R$ 240 mil com automatizada. É o primeiro da marca a seguir o conceito Econfort, com foco em economia, conforto e força.

Durante apresentação à imprensa na sexta-feira, 11, Claudio Gasparetti, gerente de marketing de caminhões da Mercedes- Benz, deixou claro que a fabricante quer tomar a liderança da MAN Latin America ainda este ano, principalmente neste segmento, como novos produtos. A expectativa é vender 2 mil unidades do modelo ainda em 2014.

Atualmente, os semipesados representam 30% das vendas de caminhões no Brasil. É o segundo maior segmento, atrás apenas dos extrapesados, com 40% de participação nos emplacamentos. No primeiro trimestre de 2014, a MAN fechou com 32% de market share nos semipesados. A Mercedes, com 27%. Com o lançamento, Gilson Mansur, diretor de vendas e marketing de caminhões da Mercedes-Benz do Brasil, acredita que a empresa ganhará 3% de participação neste nicho. “Como 70% deste segmento são de modelos 6x2, o novo Atego 2430 vai nos trazer maior competitividade frente aos concorrentes da categoria”, aposta Mansur.

MELHORIAS

Em relação ao modelo anterior - o 2429 que também era vendido nesta mesma faixa de preço -, o 2430 ganhou uma série de melhorias. Seu propulsor é o mesmo de 286 cavalos, mas agora tem maior curva de torque, com 1.250 Nm de 1.100 a 1.200 rpm (o mesmo nível de veículos extrapesados).

Mas o principal diferencial do powertrain é a economia de combustível. Segundo Gasparetti, o novo Atego faz até 5 km/l e consome até 6% a menos do que o antecessor. Parte deste resultado é obtido graças ao novo câmbio automatizado PowerShift de 12 marchas e à nova geração do eixo traseiro com nova relação de redução. O câmbio, segundo o gerente, traz três novas funções - EcoRoll, Power e Manobra - que agregam mais desempenho, economia e conforto. Já o eixo traseiro também ajuda a proporcionar menor nível de ruído na cabina.

Para que o motorista se sinta mais confortável, a Mercedes alterou as suspensões, de forma a melhorar o amortecimento das irregularidades da via. Fora isso, o revestimento da cabina, tanto a de teto baixo, quanto a de teto alto, agora é em tecido. A iluminação foi aprimorada. E foram instalados novo banco pneumático com espuma de alta densidade e diversas regulagens, além de nova cama.



Tags: Mercedes-Benz, caminhão, Econfort, Atego, Gilson Mansur, Claudio Gasparetti.

Comentários

  • Jorge Pimentel de Morais

    Prezados. Sobre o comentário "maior curva de torque", na verdade NÃO EXISTE! O que pode existir É MAIOR TORQUE, OU CURVA DE TORQUE MAIS PLANA, OU CURVA DE TORQUE MAIS AMPLA, que é uma característica muito benéfica pelo fato de exigir MENOS TROCAS DE MARCHAS, MAIOR EFICIÊNCIA.

  • Zenatti

    Jorge, interessante sua preocupação! em relação à uma expressão "maior curva de torque" realmente! deveriam usar " CURVA DE TORQUE MAIS ELEVADA" mas na verdade é um excelente produto.

  • Paulo

    Comprei um 2430 a 4 meses, na segunda viagem do Rio de Janeiro para Cuiabá bateu o motor com o carro carregado, tive que arcar com despesas para o frete ser entregue, agora o carro esta assoviando, ta cantando mais que passarinho, vai ter que trocar a Turbina, meu Deus um carro novo. Não sei mais o que fazer, prestação cara e o carro parado dentro do patio da Mercedes em Casimiro de Abreu. Estou muito decepcionado com a Mercedes e com caminhão, antes tivesse comprado outro Volkswagem Constelation um 24-250 ou 24-280, tenho um e não me da aporrinhação nenhuma, na hora de vender prometem Deus e o mundo, agora fica na mão de analise da Mercedes pra concertar meu caminhão comprado a 4 meses. Só um desabafo de um caminhoneiro tentando trabalhar e o governo e essas empresas nos impedindo com pedágios abusivos, Óleo diesel um assalto. Mercedes LIXO ! Sergio PSS Guindastes e Transportes

  • Jose Luiz da Silva

    Sou de Barueri grande SP, comprei um 2430 na concessionaria DeNigris, estou muito contente, minha primeira e segunda revisão foram muito categoricamente bem tratadas pelos técnicos da oficina e auto peça, meu motorista não tem nada há reclamar do veiculo temos basante economias no trajeto de São Paulo a Porto Alegre, já conseguimos fazer até 5.1 até o mês 7 de 2016 desejo adquirir mais uma unidade 1630 totalmente autormatizado. Meus agradecimentos há Mercedes Benz e há DeNigris concessionaria. 15/03/16

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência