Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Caoa adota visual premium global da Hyundai
O presidente da Caoa e William Lee, da Hyundai Motor Brasil, descerram placa de nova concessionária padrão. Presidente Maciel anuncia novo conceito para revendas no Brasil.

Distribuição | 28/02/2014 | 15h46

Caoa adota visual premium global da Hyundai

Primeira concessionária padronizada da América Latina recebeu R$ 3 milhões

SUELI REIS, AB

O Grupo Caoa, importador e fabricante de veículos Hyundai no Brasil, inaugurou na noite de quinta-feira, 27, sua primeira concessionária com o novo conceito visual modern premium, a primeira no padrão global da marca na América Latina e a quarta no mundo – as outras três estão na Coreia do Sul, França e China. Para a atualização da unidade, que foi a primeira revenda do grupo no País, localizada na Avenida Ibirapuera, em São Paulo, a empresa investiu R$ 3 milhões.

Com 974 metros quadrados, a concessionária ganhou estrutura que padroniza desde os modelos de cadeiras e mesas até forração de teto, projetado exclusivamente por arquitetos europeus e coreanos em material metálico, similar ao alumínio, que permite desenhar em sua superfície, criando traços que dão a impressão de movimento. Até a disposição do mobiliário e dos veículos em exposição seguirão um padrão personalizado, exigido pela matriz.

Segundo o presidente do Grupo Caoa, Antonio Maciel, assim como no planejamento mundial, todas as novas concessionárias da marca já nascerão com o novo padrão visual e futuramente ele será aplicado nas revendas já existentes: “Acreditamos que em cinco ou seis anos todas as revendas brasileiras serão convertidas”, disse, sem arriscar quando e onde será a inauguração da próxima revenda nacional nos novos padrões.

Para o presidente do conselho do Grupo Caoa, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, o projeto global tem como objetivo o de promover a Hyundai como uma marca premium, mas no estilo moderno: “Tudo aqui foi pensado para mostrar ao cliente a sofisticação de uma marca de luxo, com foco no atendimento ao cliente vip, sem sufocá-lo. Em qualquer lugar do Brasil ou do mundo, ele terá esse atendimento sempre no mesmo ambiente. A ideia é inspirada em grandes marcas que padronizam suas lojas, como a Rolex, por exemplo”, argumenta Andrade. Ele acrescenta que o padrão não abrangerá as concessionárias da Hyundai Motor Brasil, responsáveis pelas vendas da linha HB20, produzido aqui, na fábrica de Piracicaba (SP). O evento de inauguração também contou com a presença de William Lee, presidente da Hyundai Motor Brasil.

O executivo também aproveitou a ocasião para apresentar o novo Grand Santa Fe, lançado na semana anterior (leia aqui) pelo preço sugerido de R$ 187 mil e substituto do Veracruz, que deixa de ser importado ao Brasil. Na nova concessionária também foram expostos os modelos ix35 e Tucson, fabricados na unidade da Caoa em Anápolis (GO), i30 e na área ‘vip’ um exemplar do Equus, linha de luxo da Hyundai, oferecido no mercado brasileiro por R$ 320 mil.

escrever



Tags: Caoa, Hyundai, concessionária, Antonio Maciel, premium.

Comentários

  • santiago oliveira

    Fico muito feliz .com tudo que esta acontecendo com a hyundai no brasil.isso tudo devemos a uma pessoa.que e o doutor CAOA.hoje hyundai deve muito a ele por todo esse crecimento na america latina.sou uma pessoa muito feliz por fazer parte desse grupo espetacular.a hyundai cada dia vai crescer muito no mercado de carro no mundo todo.tenho certesa disso sou uma pessoa muito grata a essa empresa sensaciona.tudo que tenho hoje devo a hyundai CAOA.vou defender essa empresa com unhas e dentes.nao vou deixar ninguem falar mal da empresa...parabens HYUNDAI CAOA

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência