Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Balanço | 07/02/2014 | 18h30

Lucro da General Motors despenca em 2013

Montadora atribui queda de 22% no resultado líquido de US$ 3,8 bilhões a custos maiores

REDAÇÃO AB

Em 2013, o lucro líquido da General Motors diminuiu 22% na comparação com 2012, para US$ 3,8 bilhões contra US$ 4,9 bilhões, informou a montadora em comunicado. A GM atribui a queda dos ganhos às despesas (impostos) e custos, que somaram US$ 1,3 bilhão em 2013, incluindo o início da retirada da marca Chevrolet da Europa. Apesar da retração, a GM destaca que este é o quarto ano consecutivo a registrar lucro. O faturamento da companhia subiu 2%, passando de US$ 152,3 bilhões em 2012 para US$ 155,4 bilhões em 2013.

O Ebit (lucro antes de juros e impostos) atingiu US$ 8,6 bilhões, crescimento de 8,8% no comparativo anual. Considerando o Ebit por regiões, os ganhos da GM cresceram 15,3% na América do Norte, para US$ 7,5 bilhões, enquanto houve prejuízo na Europa, embora menor, de US$ 800 milhões – em 2012 as perdas foram de US$ 1,9 bilhão. Em Operações Internacionais, grupo em que a GM reúne Ásia-Pacífico, Oriente Médio e África, o aumento do lucro na China não evitou uma queda de 52% dos ganhos na região, que somaram US$ 1,2 bilhão.

Na América do Sul também houve queda: o lucro antes dos impostos recuou 40%, passando de US$ 500 milhões em 2012 para US$ 300 milhões no último ano.

As vendas globais da GM foram 4% maiores em 2013, ao atingir 9,7 milhões de veículos, com destaque para Operações Internacionais (Ásia-Pacífico, Oriente Médio e África), responsáveis pela venda de 3,8 milhões de veículos, sendo a China com a maior fatia, de 3,1 milhões. Na América do Norte, a GM entregou 3,2 milhões de unidades, enquanto que na América do Sul os licenciamentos somaram pouco mais de 1 milhão de unidades, dos quais o Brasil, com 650 mil veículos, representa 62% do total vendido em 2013 na região.

Em nota, a nova CEO da GM, Mary Barra, afirma que este foi “um ano sólido”, mas que a empresa não está onde gostaria em rentabilidade e disse que a companhia está focada em melhorias para 2014.

“As decisões difíceis feitas durante o ano vão fortalecer ainda mais nossas operações. Estamos agora em modo de execução e nosso único foco será a obtenção de resultados em uma base global”, disse.



Tags: Lucro, General Motors, GM, receita, faturamento, balanço.

Comentários

  • Cristyni

    A GM deveria construir uma fábrica em Alagoas, aonde existe um campo magnético que atrai sorte e prosperidade para todo tipo de empresa, dizem que vem da constelação de órion, e não é por menos, que grandes indústrias se instalaram em Alagoas como: a Tomé Engenharia que está construindo plataformas pra o pré-sal, a Braskem construiu na grande Maceió uma nova fábrica, e os lucros não param de subir, a Tigre inaugurou no dia 4 de fevereiro uma grande indústria também na grande Maceió, e está pra se instalar o 4º maior estaleiro do mundo. Alagoas tem um excelente porto, ótima infraestrutura, com gás natural, abundância de energia elétrica, e o excelente pacote de incentivos fiscais, locacionais, jurídicos e técnicos.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência