Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Lançamentos | 03/02/2014 | 17h34

Ford apresenta novo Ka sedã e adianta renovação do portfólio

Companhia concluirá este ano programa que terminaria em 2015

GIOVANNA RIATO, AB

A Ford apresentou na segunda-feira, 3, o Ka sedã, chamado pela fabricante de Ka Concept 4-Portas. O modelo foi mostrado à imprensa em São Paulo (SP) e no Salão de Nova Déli, na Índia, como a aposta da marca em compactos. Dados da companhia apontam que esta categoria representa 60% das vendas no Brasil. Na Ásia-Pacífico, a empresa espera que o segmento responda por um terço das vendas em 2018.

A versão para aquele mercado tem traseira um pouco mais curta, atendendo ao gosto do consumidor da região. “Por aqui os clientes preferem o visual de um sedã um pouco mais tradicional”, explica João Marcos Ramos, chefe de design da organização para a América Latina.

Assim como a nova geração do EcoSport, o Ka é apontado como projeto global liderado pelo time brasileiro de engenharia da organização. Construído sobre a mesma base do utilitário esportivo e do New Fiesta, o sedã chegará ao Brasil ainda este ano e deve ser destaque da Ford no Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro. Já a versão hatchback, apresentada em novembro do ano passado (leia aqui) deve vir antes, ainda no primeiro semestre.

Apesar de a empresa negar, a chegada do novo Ka, além de substituir o antigo, tira de linha o Fiesta Rocam. Um sinal disso é que na Índia o modelo foi apresentado como Figo, que é o nome do Fiesta vendido no país. “Não vamos abrir mão de market share se não for necessário”, garante Rogelio Golfarb, vice-presidente da Ford no Brasil, negando que o ultrapassado modelo seja descontinuado tão cedo.

Apesar disso, manter o carro no portfólio nacional iria contrariar a meta da companhia de vender apenas veículos globais no Brasil. Em sua apresentação durante o evento para mostrar o Ka sedã, Steven Armstrong, presidente da Ford América do Sul, voltou a falar do objetivo. “Vamos alcança-lo ainda este ano, antes do previsto”, comemora. Até então a marca planejava ter apenas carros globais em seu portfólio a partir apenas de 2015.

A empresa sustenta a estratégia de apresentar o carro a conta-gotas, realizando uma série de eventos antes do lançamento oficial. O objetivo é manter o automóvel sempre em pauta e gerar expectativa no consumidor. “A formação de opinião é melhor com o lançamento acontecendo devagar”, acredita Golfarb. No caso do Ka, outra vantagem é lançar a versão hatchback apenas depois de a Volkswagen divulgar o posicionamento de preço do compacto Up!, o que acontecerá na terça-feira, 4.

Por enquanto a marca aponta apenas que pretende estender ao Ka a estratégia de democratização da tecnologia, com dispositivos de segurança e conectividade. Entre os itens que devem ser oferecidas como opcionais para o modelo estão uma dock station para celular no console central, o sistema de comando de voz para aplicativos AppLink e controle eletrônico de estabilidade, inédito no segmento. Ramos conta que o desenho buscou trazer mais valor ao modelo. “Ele é um carro de entrada, mas não precisa parecer um”, enfatiza.

O compacto será fabricado na planta da Ford em Camaçari (BA) equipado com o novo motor 1.0 de três cilindros da marca, que será lançado em breve.

Ford Ka sedã



Tags: Ford, Ka, sedã, lançamento, compacto.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência