Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 08/01/2014 | 18h16

Motos: Abraciclo prevê mais um ano fraco para o setor

Emplacamentos devem ficar próximos a 1,5 milhão de unidades, como em 2013

REDAÇÃO AB

Por causa da Copa do Mundo e da provável permanência das restrições aos financiamentos, os fabricantes de motos preveem um 2014 semelhante ao ano que terminou, com pouco mais de 1,5 milhão de motos emplacadas no País: “Nossa perspectiva é de estabilidade nos negócios, sem grandes mudanças no cenário em relação a 2013”, afirma Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo, entidade que reúne fabricantes do setor.

“A Copa do Mundo estimula o consumo de outros produtos, como televisores, o que exigirá mais empenho e ações para atrair os consumidores de veículos de duas rodas”, recorda Fermanian. A Abraciclo teme os efeitos da competição de futebol pela redução de dias úteis e porque muitos motociclistas devem adiar a troca de seus veículos para comprar um aparelho de TV maior ou mais moderno.

PRODUÇÃO E VENDAS NO ATACADO

De acordo com a Abraciclo, a produção local de motocicletas deve manter-se em 1,67 milhão de unidades. Em todo o ano de 2013 foram montadas quase 1,7 milhão de motos, resultando em um pequeno recuo de 1,2% em relação a 2012.

Neste novo ano, as fabricantes instaladas em Manaus (AM) estimam repassar às concessionárias 1,58 milhão de motos. Em 2013, esse volume foi de 1.59 milhão, queda de 2,4% em relação ao ano anterior.

EXPORTAÇÕES

Para 2014, a Abraciclo projeta pequena alta de 3,9% no envio de seus produtos ao mercado externo. As fabricantes devem embarcar 110 mil motos. Em 2013 foram exportadas 105.819 unidades, acréscimo de menos de 1% sobre o ano anterior.



Tags: Motos, motocicletas, Abraciclo, Marcos Fermanian, Copa do Mundo, emplacamentos, produção, exportações, vendas no atacado.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência