Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 02/12/2013 | 11h55

Mercedes-Benz fornece 500 ônibus para novo BRT de Belo Horizonte

Também vai assessorar as operadoras do sistema

CAMILA FRANCO, AB

A Mercedes-Benz firmou negócio importante com o Estado de Minas Gerais. A fabricante fornecerá 500 chassis de ônibus ao novo sistema BRT (Bus Rapid Transit), de transporte coletivo urbano, que começa a operar no primeiro trimestre de 2014 em Belo Horizonte, capital mineira.

O anúncio foi feito por Curt Axthelm, gerente sênior de marketing de ônibus da Mercedes-Benz, em evento na sexta-feira, 29. Segundo o executivo, foram adquiridas 200 unidades do articulado 500 MA e mais 300 de outros modelos, como os chassis OF 1724 L, equipado com motor de 6 cilindros e 238 cavalos de potência, suspensão pneumática, coluna de direção ajustável e retarder incorporado.

Além dos produtos, desenvolvidos no Brasil, Axthelm conta que a Mercedes também vai assessorar as equipes responsáveis pelo BRT de Belo Horizonte. “A Mercedes-Benz tem conhecimento e experiência mundial para a implantação desse sistema. Está presente hoje em todos os principais BRTs no mundo, como de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba no Brasil, Bogotá na Colômbia, Santiago do Chile, México e Turquia. Temos um time totalmente focado em apoiar os nossos clientes.”

O BRT de BH, conhecido como Move, terá mais de 23 quilômetros de extensão, em três vias de ligação (Antônio Carlos, Cristiano Machado e Hipercentro). Serão cerca de 40 estações de transferência, com distância média de 400 metros entre uma e outra.

A BHTrans (Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte) espera que 700 mil passageiros sejam atendidos diariamente pelo BRT, com previsão de redução média de 45% no tempo de viagem. Os 500 ônibus da Mercedes correspondem a 80% dos veículos do novo sistema e já estão sendo enviados às empresas operadoras da BRT.

“A escolha da nossa marca proporcionará muitos ganhos”, comenta Walter Barbosa, diretor de vendas e marketing de ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Além de ser fabricante da mais completa linha de chassis de ônibus do País (tem 15 modelos diferentes, de micro-ônibus a superarticulados), nossa empresa oferece assessoria especializada em BRT, potencializando as vantagens desse sistema de transporte coletivo urbano para os gestores e operadores, bem como para a população, que ganha mais conforto e agilidade na mobilidade urbana.”



Tags: Mercedes-Benz, Minas Gerais, Belo Horizonte, ônibus, venda.

Comentários

  • Marcos

    Como sempre os ônibus de motor dianteiro da Mercedes-benz sendo unanimidade em TODAS as empresas de BH... nem na era Move BH estará livre do pequeno e do básico...

  • Felipe

    É deplorável e decepcionante que persista essa política de utilização de ônibus dianteiros em sistemas de alta capacidade. Era de se esperar veículos de motor central e/ou traseiro, e não os mesmos que já são cotidiano dos mais de 3,5 milhões de usuários dos sistemas de transporte coletivo da BHTRANS e da SETOP. Mais uma vez o poderio dos empresários de ônibus da RMBH fala por último.

  • Jairo

    Esse sistema já está nascendo errado trazendo os mesmos caminhonibus de sempre ao invés de bi-articulados.

  • Samuel Moitinho

    Infelizmente faço coro aos que comentaram acima: o MOVE é natimorto, sendo que sua morte antes de nascer se deve ao foco equivocado dado no custo de implantação e operação, sendo que o correto seria o foco no passageiro/cliente. Faz parte desse foco equivocado atitudes como a utilização em massa de ônibus com motor dianteiro no sistema, dentro dos corredores, ainda que tais ônibus tenham sofrido algumas melhorias pontuais, que foram desenvolvidas sob solicitação dos empresários, ávidos em continuar a investir o mínimo possível na frota. É culpa também da própria BHTRANS (PBH) que fez um edital onde, de forma deliberada, não especificou a posição do motor, liberando o uso dos ônibus com motor dianteiro, ainda que a acessibilidade fosse comprometida. Outro equívoco é o de não prever, ou mesmo já não utilizar, o ônibus biarticulado. Para a copa o BRT, como está, irá enganar. Mas depois...

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência