Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Legislação | 11/11/2013 | 00h00

Rastreamento de autopeças pode ter autocertificação

Objetivo é que empresas atendam Inovar-Auto com menos burocracia

GIOVANNA RIATO, AB

O rastreamento da origem das autopeças, medida essencial para que sejam atendidas as metas de conteúdo local previstas no Inovar-Auto, pode ter solução mais simples do que as especuladas até então. Letícia Costa, sócia-diretora da Prada Assessoria, aponta que a solução poderá ser a autocertificação das empresas. Dessa forma, cada fabricante de componente ou sistema declararia o conteúdo local em cada peça produzida. A consultora fez apresentação durante o workshop Operações Automotivas, promovido por Automotive Business em São Paulo (SP), na segunda-feira, 11.

Letícia aponta que a autocertificação é vista como uma saída provável para um dos aspectos mais importantes do Inovar-Auto. Segundo ela, com o sistema, as companhias apontariam o índice de regionalização de seus produtos e estariam sujeitas a auditoria periodicamente. “É improvável que uma empresa se arrisque a divulgar informações falsas, que indiquem um conteúdo local que ela não têm. Acredito que ninguém quer arriscar a esse ponto, sob pena de serem alvo de ação judicial”, aponta.

O novo regime automotivo está em vigor desde janeiro de 2013. Apesar disso, a regulamentação de como será feito o rastreamento das autopeças permanece pendente. O governo e as entidades que representam os segmentos da indústria envolvidos, como Anfavea e Sindipeças, enfrentam dificuldades para chegar a um acordo sobre a melhor maneira de fazer a verificação. O objetivo é rastrear a origem dos componentes até o segundo nível de fornecimento, o Tier 2. O desafio está em encontrar a fórmula para que isso seja feito da forma menos burocrática possível.



Tags: rastreamento, autopeças Inovar-Auto, Letícia Costa.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência