Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Indústria | 07/11/2013 | 19h04

Pimentel admite na França avanço de programa para carros elétricos

Ministro do Desenvolvimento propõe parceria entre os dois países no setor automotivo

REDAÇÃO AB

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Fernando Pimentel, admitiu durante visita à França o avanço das tratativas para implementar um programa específico para carros elétricos no Brasil e que o País está disposto a buscar parceiros para esta iniciativa:

“Estamos em vias de lançar um programa nacional para veículos elétricos e poderíamos construir uma estratégia conjunta com a França”, afirmou Pimentel, após sua reunião com o ministro da Recuperação Produtiva da França, Arnaud Montebourg, na noite da quarta-feira, 6, em Paris.

O ministro francês também manifestou o interesse de seu país em uma sociedade: “Estamos em busca de parceiros mundiais e o Brasil é uma opção”, disse Montebourg. Além do setor automotivo, os dois representantes discutiram sobre possíveis parcerias também nas áreas de energia renovável e informática, informa comunicado do MDIC.

A visita de Pimentel à França continua na quinta-feira, 7, quando ele se reúne com a ministra de Comércio Exterior do país, Nicole Bricq, para tratar de um acordo comercial entre Mercosul e União Europeia.

PROGRAMA PARA CARRO ELÉTRICO

Um programa de incentivos para facilitar a vinda em maior escala de carros elétricos no Brasil é um pleito da Anfavea, associação das montadoras de veículos no Brasil, que desde abril, quando o novo presidente da entidade, Luiz Moan, assumiu o posto, já se reuniu com o ministro Pimentel pelo menos duas vezes para tratar da proposta.

Em sua proposta, a Anfavea sugere um programa de três fases: a primeira consiste em importar esses veículos sem imposto para venda no mercado nacional a um preço mais acessível ao que é hoje. A segunda fase prevê a nacionalização de tecnologias por empresas que pretendem continuar com esse pacote de incentivos em um nível ainda não determinado. Por fim, a proposta incentiva a montagem de híbridos e elétricos no Brasil. Ainda há uma vertente do projeto que defende estudos para o uso de células de combustível a partir do etanol no País.



Tags: carro elétrico, MDIC, Fernando Pimentel, energia renovável.

Comentários

  • jose vendruscolo

    Antes tarde do que nunca nunca vi tanta ignorancia, um assunto tao importtante tratado dessemodo pelo governo brasileiro. E a reuniao do companheiro lula programada para 2 anos atraz. FORAM TAO EVOLUIDOSNA ENERGIA FOTOVOLTAICA E TAO RETROGRADOS NO CARRO ELETRICO

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência