Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Crédito | 01/11/2013 | 20h35

Após paralisação, PSI para compra de caminhões deve voltar a operar

Recursos para o financiamento do BNDES tinham acabado. Tesouro vai injetar R$ 10 bi

PEDRO KUTNEY, AB

Com medo do desastre que poderia causar no mercado de caminhões e ônibus, o assunto foi cuidadosamente abafado durante a semana. Desde a quarta-feira, 30 de outubro, estavam suspensas todas as operações de crédito do PSI (Programa de Sustentação do Investimento) do BNDES, a linha de financiamento mais usada no País para a compra de veículos comerciais, com juro abaixo da inflação fixado atualmente em 4% ao ano. Os recursos destinados ao programa tinham simplesmente acabado. Mas, para alívio geral, os contratos deverão ser retomados muito em breve, pois o Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou na quinta-feira, 31, uma nova injeção do Tesouro na instituição, de R$ 10 bilhões, para a retomada dos financiamentos via PSI.

Na sexta-feira, 1º, Luiz Moan, presidente da Anfavea, a associação dos fabricantes de veículos, esteve reunido com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, para tratar do tema. “Ambos se sensibilizaram com a situação. Acredito que muito rapidamente a linha de financiamento será restaurada”, afirmou Moan logo após o encontro, no escritório da Fazenda em São Paulo.

Em plena Fenatran, a feira de transportes que aconteceu durante a semana no Anhembi, em São Paulo, todos os expositores, entre fabricantes de caminhões e implementos, evitaram qualquer comentário a respeito da suspensão do PSI. O governo já sinalizou que vai prorrogar a linha para 2014, mas ainda não revelou se as atuais condições e taxas serão mantidas ou modificadas.



Tags: BNDES, PSI, Finame, mercado, caminhões, ônibus, veículos comerciais, vendas, Fazenda, Mantega, Moan, Anfavea, financiamento, CMN.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência