Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Comerciais | 27/10/2013 | 13h50

Scania: dois lançamentos de peso na Fenatran

Apresenta caminhões R 620 8X4 V8 e P 310 6X4, além da gama Streamline

CAMILA FRANCO, AB

A Scania, que responde atualmente por 32% dos mais de 600 mil caminhões pesados que circulam pelo País, apresenta dois novos veículos para o mercado brasileiro durante a 19ª Fenatran, Salão Internacional do Transporte, que ocorre de 28 de outubro a 1º de novembro no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo, e que recebe a imprensa especializada no domingo, 27.

A grande novidade é o extrapesado R 620 8X4, para cargas indivisíveis, com motor V8 de 620 cavalos, caixa automatizada e capacidade máxima de tração de 250 toneladas - segundo a Scania é a maior do mercado. Roberto Leoncini, diretor-geral da Scania no Brasil, acredita que o modelo será mais requisitado pelo setor de construção civil. Oferecido também com configuração de tração 6X4, custará a partir de R$ 600 mil.

O outro lançamento reservado para feira é o off-road P 310 6X4, com 310 cavalos, caixa automatizada e redutor nos cubos dos eixos traseiros, que permite tracionar até 100 toneladas.

Ambos os caminhões, produzidos na planta brasileira da Scania, em São Bernardo do Campo (SP), com mais de 60% de conteúdos nacionais, poderão ser financiados pela linha do BNDES/Finame.

GAMA STREAMLINE PARA OS RODOVIÁRIOS

A fabricante de origem sueca aproveita o evento para apresentar ao público a sua linha Streamline, um novo conceito de solução de transporte adicional ao seu mix rodoviário com cabine G, R e R Highline. Como define Leoncini, é uma nova gama de produtos pesados com mudanças estéticas e melhorias no sistema de direção que garantem redução do consumo de diesel (de 4% em relação a demais modelos Euro 5, e de até 15% na comparação com veículos Euro 3), combinada a um amplo pacote de serviços de assistência ao motorista.

“A Scania está sendo cada vez mais reconhecida como uma empresa que oferece soluções de transporte com veículos e serviços integrados e que proporcionam uma economia superior de combustível, produtividade, rentabilidade e baixo custo operacional. E é essa imagem que queremos ressaltar na Fenatran”, comenta Leoncini.

Os caminhões Streamline já tinham sido apresentados anteriormente para a imprensa especializada no fim de julho (leia aqui). Segundo Eronildo Santos, diretor de vendas de veículos Scania no Brasil, desde setembro foram vendidos 200 Streamline no mercado nacional. Durante a aquisição dos modelos, o cliente, apesar de induzido, não precisa aderir a um pacote de serviços de manutenção. Santos diz que o objetivo da Scania é chegar a 100% das vendas do Streamline com pacotes de manutenção flexível, o que deve ser conseguido aos poucos. Em 2014, ele estima que a nova gama Streamline responderá por 30% das vendas dos caminhões rodoviários da marca.

Assista à entrevista exclusiva com Roberto Leoncini, diretor-geral da Scania no Brasil:



Tags: Scania, Fenatran, Streamline, caminhão, transporte.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência