Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Duas Rodas | 08/10/2013 | 19h20

Abraciclo revisa projeções

Espera queda de 4,7% na produção e de 6,6% nas vendas de motos no varejo em 2013

CAMILA FRANCO, AB

A Abraciclo, associação que reúne os fabricantes de motocicletas, ciclomotores, motonetas, bicicletas e similares, revisou as projeções para 2013 para baixo na terça-feira, 8, diante das quedas observadas tanto na produção quanto na venda de motos no período de janeiro a setembro.

De acordo com números apurados pela Abraciclo, as vendas de motocicletas nos primeiros nove meses tiveram retração de 9,1% sobre igual período de 2012, com 1,12 milhão de emplacamentos. Somente em setembro último, 117,7 mil delas foram entregues, o que representa uma queda de 8,8% sobre o mesmo mês de 2012. O volume de financiamentos, por sua vez, caiu 20,5%, de 497,1 mil de janeiro a setembro de 2012 para 395,2 mil motos financiadas no mesmo intervalo de 2013.

As vendas no atacado também diminuíram no acumulado do ano, 7,2%, para 1,19 milhão de unidades. O resultado só não foi pior porque houve alta de 10,7% em setembro, quando 142,8 mil unidades foram comercializadas.

Como consequência da demanda mais fraca de mercado, a produção de motocicletas anotou retração de 6,9% nos primeiros nove meses em relação ao ano passado, chegando a 1,2 milhão de motos produzidas. De agosto para setembro, a queda na produção foi de 4,7%.

PROJEÇÕES

Diante do cenário negativo, Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo, aponta que a produção de motos deve cair 4,7% de 2012 para 2013, de 1,69 para 1,61 milhão de unidades. No início de 2013, a Abraciclo esperava alta de 5%. Durante o ano revisou a projeção para estabilidade. Agora, reverteu totalmente a projeção.

Para as vendas no varejo, que antes era prevista estabilidade, é esperada retração de 6,6%, passando de 1,6 milhão em 2012 para 1,53 milhão este ano. No atacado, a queda deverá chegar a 4%, para 1,56 milhão de motos, segundo os cálculos da associação.

As exportações, que tiveram leve queda de 0,4% de janeiro a setembro em relação ao mesmo intervalo de 2012, não deverão ultrapassar 105 mil unidades em 2013.



Tags: Abraciclo, motos, produção, vendas, Marcos Fermanian.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência