Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Autopeças | 07/10/2013 | 23h00

TRW é a primeira a produzir direção elétrica no Brasil

Sistema fabricado em Limeira tem 50% de nacionalização e já equipa Ford EcoSport e Fiesta

REDAÇÃO AB

A TRW Automotive é a primeira a produzir no Brasil o sistema elétrico de assistência à direção (EPS, de Electrically Powered Steering). O dispositivo é fabricado na unidade da empresa no interior paulista, em Limeira. O índice de nacionalização inicial do componente é elevado: 50%, de acordo com a sistemista. Os primeiros clientes são os Ford EcoSport e o Fiesta feitos no País, mas segundo a TRW existem mais montadoras interessadas em adotar a solução, que reduz o consumo de combustível por não depender das força do motor, como acontece com a direção hidráulica convencional.

Conforme a TRW, a direção elétrica pode oferecer economia de combustível de 0,3 a 0,4 litro a cada 100 quilômetros, com redução correspondente na emissão de dióxido de carbono (CO2) entre 7 e 8 gramas por quilômetro, com base em testes em motor a gasolina de 1,6 litro. Por isso cresce o interesse das montadoras em adotar o equipamento, que ajuda a atender as metas de aumento de eficiência energética do Inovar-Auto.

Com a fabricação local, a TRW oferece redução de custo para os clientes sul-americanos, uma vez que todos os outros grandes fabricantes do setor ainda importam sistemas elétricos de direção. “Com o lançamento da direção eletricamente assistida para os modelos EcoSport e Fiesta, a TRW proporciona importantes benefícios econômicos e ambientais para os fabricantes de automóveis da América do Sul”, disse em comunicado Peter Lake, vice-presidente executivo de vendas e desenvolvimento de negócios da empresa.

A TRW não deve ficar por muito tempo sozinha no mercado. A fabricante de sistemas de direção Jtekt, que pertence ao Grupo Toyota e tem fábrica em São José dos Pinhais (PR), anunciou que deve começar em janeiro de 2014 a fabricação no Brasil da EPS para o Toyota Etios, que hoje usa o componente importado (leia aqui).

No caso da TRW, são oferecidas duas opções de EPS: a primeira é um mecanismo de eixo sem fim e coroa dentada montada na coluna de direção, a segunda é um sistema acionado por correia de transmissão e um mecanismo de porca e bola, com assistência aplicada diretamente à caixa de direção.



Tags: TRW, direção elétrica, investimento, autopeças, indústria, Jtekt.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência