Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Carreira | 03/09/2013 | 17h07

Após saída de Tavares, Renault quer reestruturar diretoria

Companhia pretende criar dois novos cargos e fechar a vaga de COO

REDAÇÃO AB

A diretoria global da Renault deve passar por reestruturação após a saída do chefe de operações (COO), Carlos Tavares, na última semana, depois de ele ter admitido interesse em trabalhar na Ford ou na General Motors. Carlos Ghosn, CEO do grupo francês e da aliança Renault Nissan, apresentará um projeto para o novo quadro de diretores.

A ideia é eliminar a vaga de COO e substituí-la por dois novos cargos, que se reportarão diretamente a Ghosn. O primeiro é o de chefe de competitividade, responsável por comandar as áreas de produto, design, engenharia, qualidade, compras, manufatura e suprimentos. A principal missão seria manter o portfólio da marca atrativo, aumentar a qualidade e as margens.

A outra função que a companhia pretende criar é a de chefe de performance. Esse executivo vai comandar a área de vendas e de marketing em todos os mercado em que a organização atua, com o objetivo de alcançar as metas de vendas, market share e receitas.



Tags: Renault, diretoria, Carlos Tavares, reestruturação.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência