Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Tecnologia | 29/08/2013 | 20h47

Toyota tem novas metas para veículos híbridos

Montadora revelou detalhes do novo Prius e planos para sedã movido a célula de hidrogênio

REDAÇÃO AB

A Toyota anunciou novas metas para o desenvolvimento da tecnologia híbrida durante evento mundial sobre esse tipo de motorização realizado na cidade de Ypsilanti, nos Estados Unidos. Entre os pontos apresentados pela marca estão a nova geração do Prius, o aumento da participação de modelos híbridos no mundo, seu crescimento no mercado americano e a implantação de carros movidos a célula de hidrogênio, já em escala comercial a partir de 2016. Um sedã médio com essa tecnologia terá seu conceito mostrado no Salão do Automóvel de Tóquio, no fim do ano.

Sobre a próxima geração do Prius, o diretor superintendente da Toyota Motor Corporation, Satoshi Ogiso, disse: “O carro marcará uma evolução da tecnologia híbrida que existe hoje, apresentando uma melhora significativa em desempenho e eficiência.” Ainda segundo o executivo, essas mudanças servirão para ampliar as gamas Toyota e Lexus com sistema híbrido.

Segundo a fabricante, o próximo Prius terá baterias melhoradas, com maior densidade de energia. A Toyota diz ter intensificado suas pesquisas para produzir fontes de energia de hidreto de níquel-metálico e íons de lítio para usá-las em seu projeto de aumentar a eletrificação do automóvel.

O novo Prius terá motor elétrico menor que o atual e o rendimento térmico de seu propulsor a gasolina passará dos atuais 38,5% para mais de 40% na próxima geração. Paralelamente ao desenvolvimento do novo Prius, a Toyota também busca avanços para a versão plug-in do híbrido. Considerando algumas observações de proprietários desse modelo, a montadora analisa a possibilidade de criar uma geração com maior autonomia elétrica e possibilidade de carregamento sem fio. Até o fim de 2015 a fabricante planeja 15 lançamentos de híbridos.

A Toyota afirma ter evoluído suas pesquisas para produzir em escala comercial o primeiro veículo movido a célula de hidrogênio.

PARTICIPAÇÃO CRESCENTE

Incluindo os veículos com a marca Lexus, a Toyota já vendeu mais de 5 milhões de híbridos em todo o mundo. Segundo cálculos da fabricante, esses carros evitaram a emissão de 34 milhões de toneladas de gás carbônico, o equivalente à retirada de 4,8 milhões de veículos de circulação.

No mercado americano, a montadora é responsável por mais de 60% das vendas de híbridos. “Nos últimos cinco anos, o porcentual de híbridos da Toyota cresceu de 10% para 16% do nosso total de vendas. Até 2016 esperamos que 5 milhões de Toyota híbridos tenham sido vendidos nos Estados Unidos”, afirma o vice-presidente da filial americana da fabricante nos EUA, Bob Carter. No Brasil, onde o Prius foi lançado em janeiro deste ano, 260 unidades chegaram às ruas.



Tags: Toyota, Prius, híbridos, Ypsilanti, célula de hidrogênio, Satoshi Ogiso, Bob Carter.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência