Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Lançamentos | 15/08/2013 | 21h40

Nissan muda plano e cancela Note feito no Brasil. Volkswagen engaveta Santana.

Montadora japonesa prepara lançamento de um March popular em julho de 2014

PEDRO KUTNEY, AB

A perspectiva de lançamentos futuros sofreu duas baixas relevantes: a Volkswagen colocou na gaveta por tempo indeterminado o lançamento do sedã Santana; e a Nissan desistiu de fabricar o hatch Note na fábrica que está construindo em Resende (RJ).

O plano da Nissan era de fabricar o Note no Brasil a partir de janeiro de 2015, conforme adiantou Automotive Business (leia aqui). Segundo algumas fontes, no entanto, a fabricante desistiu do projeto. Possivelmente, importará o carro do México para o mercado brasileiro. Isso porque, após começar a produzir na planta fluminense os seus modelos mais vendidos aqui, o March e o Versa, terá uma cota de importação livre para isso.

O início de produção do compacto March no Brasil, já com cara nova em relação ao modelo importado vendido atualmente, está mantido para janeiro de 2014. Entre julho e agosto, segundo fontes ouvidas por Automotive Business, está em preparação o lançamento de uma versão pé-de-boi do modelo – ou seja, um veículos de entrada popular para a marca, com nível mínimo de equipamentos e acabamento espartano.

O Versa, sedã derivado da mesma plataforma do March, estava previsto para entrar em produção em Resende em julho de 2014. No entanto, o plano sofrerá um pequeno atraso: o início da fabricação do sedã foi adiado para setembro ou outubro.

Com o engavetamento do projeto do Note no Brasil, a Nissan agora estuda a possibilidade de lançar um utilitário esportivo compacto no País, possivelmente em janeiro de 2015, que substituiria o monovolume Livina. O novo projeto, no entanto, ainda não está certo.

VW SANTANA

Quem já dava como certa a fabricação da nova geração do Santana no Brasil terá de esperar mais por isso. Segundo alguns fornecedores, no início deste mês a Volkswagen cancelou os pedidos de desenvolvimento de peças para o carro, que poderia ser lançado em 2014 no mercado brasileiro.

Em entrevista concedida a Automotive Business em abril passado, o presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall, disse que ainda era incerta a produção do novo Santana no Brasil. “Existem estudos, mas antes temos muitos outros lançamentos para fazer. O Santana seria uma subida de nível, é um carro importante, deixou uma longa história no Brasil, mas ainda não está confirmado”, afirmou o executivo.

O Santava viria competir em um segmento que está ficando cada vez mais povoado no Brasil, o dos sedãs espaçosos com preços mais baixos, os chamados “cheap space”. Hoje já competem nesse espaço o Renault Logan, Fiat Gran Siena, Chevrolet Cobalt.



Tags: Nissan, Note, March, Versa, Livina, Volkswagen, Santana, lançamentos.

Comentários

  • Luiz Fernando

    Pra quê lançar um carro superior se o povo paga 50 mil num Voyage completo, não é verdade?

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência