Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

| 04/07/2008 | 00h00

GM compra peças para fazer motor

Ao contrário do que é comum no setor, a General Motors precisou comprar componentes para seus motores no mercado.

Raquel Salgado, Valor

Ao contrário do que é comum no setor, a General Motors precisou comprar componentes para seus motores no mercado. O usual é que cada montadora fabrique todas as peças do motor, considerado estratégico. Se não tivesse comprado essas peças de terceiros, a GM teria deixado de produzir 12 mil motores no primeiro semestre. Isso significa que fornecedores abasteceram com componentes quase 5% dos motores dos carros vendidos pela montadora no Brasil. Com a expectativa de incremento da produção da GM entre 25% e 30% - bem acima da previsão do início de 2008, que estava entre 10% e 15% -, a compra de componentes para motores pode ser ainda maior. Jaime Ardila, presidente da empresa no Brasil, acredita, porém, que os problemas com a disponibilidade de peças devem ser menores no segundo semestre. "Passamos por certas dificuldades, algumas outras peças também precisaram ser importadas, mas agora a situação está mais tranqüila", disse Ardila.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência