Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Crédito | 15/07/2013 | 16h52

Financiamento de veículos cai em volume e sobe em valor

Concessão cresceu 17% no 1º semestre, apesar da redução do número de unidades financiadas

GIOVANNA RIATO, AB

A concessão de crédito para a compra de veículos teve expansão de 17% no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo intervalo de 2012, para R$ 102,4 bilhões. O dado foi divulgado pela Cetip, operadora do Sistema Nacional de Gravames, que reúne o cadastro das restrições financeiras dos carros. O número inclui operações de consórcio, leasing e crédito direto ao consumidor (CDC). Do montante, R$ 61,8 bilhões foram concedidos para a aquisição de veículos novos e R$ 40,6 bilhões para a compra de usados.

A expansão aconteceu mesmo com a diminuição de 3% no número de unidades financiadas. De janeiro a junho de 2013 foram financiados 3,27 milhões de veículos novos e usados, entre automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus e motocicletas. No ano passado este volume chegou a 3,37 milhões. “Os bancos estão adotando a política de exigir entrada maior”, explica Criatiano Dantas, gerente comercial da Cetip.

O movimento pode explicar a mudança no perfil dos financiamentos, com o aumento do valor negociado, apesar da redução dos volumes. O executivo destaca que os prazos também ficaram menores, de 40 meses na primeira metade de 2012 para, em média, 36 meses este ano.

Entre as modalidades de financiamentos, o maior volume foi feito por meio de CDC, que teve 83,5% de participação, com 2,73 milhões de operações. O porcentual é praticamente estável sobre o mesmo período do ano passado. O consórcio respondeu por 13,2% da oferta de crédito no primeiro semestre do ano, com crescimento de 1,1 ponto porcentual sobre janeiro a junho de 2012. Já o leasing representou 1,5% do total financiado, com participação um ponto porcentual menor do que há um ano.

O ticket médio financiado no período foi de R$ 25,6 mil, valor 3,2% superior ao do ano passado. Quem puxou o aumento no preço médio foram os veículos novos. O ticket médio do segmento chegou a R$ 31,6 mil. No caso dos seminovos ano-modelo 2008 a 2013, o valor diminuiu 2,8% na comparação com o ano passado, para R$ 24,1 mil.



Tags: crédito, financiamento, Cetip.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência