Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 03/07/2013 | 13h19

Vendas de implementos crescem 1,14% no primeiro semestre

Resultado positivo sobre 2012 é impulsionado pelo segmento de pesados

REDAÇÃO AB

Os emplacamentos de implementos rodoviários cresceram 1,14% no primeiro semestre deste ano quando comparado com igual período do ano passado, para 83.408 unidades, informa a Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários, a Anfir. Segundo dados divulgados pela entidade na quarta-feira, 3, o resultado representa a consolidação do ritmo de crescimento do setor, por sua vez, impulsionado pelo segmento de pesados.

Enquanto carrocerias sobre chassi (leves) apresentaram queda de 9,92% no primeiro semestre, com 51.398 unidades licenciadas, o segmento de reboques e semirreboques (pesados) saltou 25,97% na mesma base de comparação, para 32.010 unidades emplacadas, resultado impulsionado pela política de juros aplicada sobre o Finame PSI, que opera com taxas fixas semestrais.

Segundo o presidente da Anfir, Alcides Braga, a diferença está no perfil do cliente do implemento:

“Os clientes dos produtos carrocerias sobre chassis costumam ser empresários de pequeno porte, empreendedores que não conseguem apresentar as garantias necessárias para tomar empréstimos no BNDES”, aponta Braga.

O executivo ressalta a importância dessa faixa de empresários na economia brasileira com base na pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), que aponta que no Brasil 4% dos novos negócios gerados entre 2005 e 2010 foram registrados no segmento de transporte. Contudo, o comércio de varejo e a indústria de transformação, responsáveis por 25% e 10% do PIB, respectivamente, estão intimamente ligados à indústria de implementos rodoviários.

“Toda mercadoria produzida ou vendida é transportada em implemento rodoviário e dentro das cidades a maioria esmagadora é levada dentro de produtos do segmento carrocerias sobre chassi.”

Para o diretor executivo da Anfir, Mario Rinaldi, esta é uma fatia de empreendedores no País que deve ser atendida conforme as necessidades da categoria:

“São empresários que precisam de atenção e acesso diferenciado ao crédito para alavancar suas atividades”, defende.

De acordo com o Sebrae, as micro e pequenas empresas são responsáveis por 20% do PIB brasileiro, equivalente a R$ 700 bilhões e hoje mantém uma força de trabalho com 56,4 milhões de empregos. Já os microempreendedores individuais, categoria criada para incluir os autônomos, somam 5 milhões de pessoas em todo o País.



Tags: Anfir, implementos rodoviários, carroceria sobre chassi, reboque, semirreboque, Alcides Braga.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência