Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Aftermarket | 27/06/2013 | 17h13

MAN reúne 200 chefes de oficina em evento

Encontro em São Paulo promoveu interação entre profissionais, fábrica e colegas da rede

REDAÇÃO AB

A Rede MAN Latin America reuniu cerca de 200 chefes de oficina em São Paulo (SP). O encontro realizado pela primeira vez teve como principal tema o papel do chefe de oficina nos resultados da rede. “O êxito do negócio está ligado à nossa obsessão em manter o veículo do cliente rodando”, afirmou o presidente da Associação Brasileira dos Concessionários MAN Latin America (Acav), Diego Comolatti.

Durante o evento, os chefes de oficina puderam interagir com a fábrica e com colegas de outros Estados. “Essa experiência é muito rica para nós. Ao contrário do que ainda se pensa, não somos mais aqueles caras de macacão sujo e graxa nas mãos”, enfatiza o chefe da oficina Rezende em Manaus (AM), Alisson Lobato.

Para garantir a capacitação de seus profissionais, (Acav) diz investir em treinamento, especialmente porque os caminhões têm cada vez mais tecnologias embarcadas. Os chefes de oficina precisam ser especializados, dominar ferramentas, estar atentos às novas tecnologias e ser constantemente treinados nos produtos da marca.

Segundo o assessor de assistência técnica da Acav, Mário Tavella, o papel do chefe da oficina em revenda vai muito além da prestação de serviço. “Ele acaba sendo o porta-voz da marca no pós-venda e o elo entre rede e fábrica”, explica Tavella. A associação tem um calendário anual de treinamentos para os profissionais da Rede MAN Latin America. A previsão é que cerca de 3,3 mil pessoas sejam treinadas somente em 2013.



Tags: MAN Latin America, Diego Comolatti, Alisson Lobato, Acav, Mário Tavella.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência