Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 05/06/2013 | 12h40

Antiga divisão de tintas da DuPont agora é Axalta

Empresa investirá US$ 50 milhões no Brasil até 2018 e já amplia célula de produtos à base d'água

MÁRIO CURCIO E SUELI REIS, AB

Reportagem atualizada às 18h55

A antiga divisão de tintas automotivas da DuPont, DPC - DuPont Performance Coating, comprada pelo fundo americano Calyle por US$ 4,9 bilhões, chama-se agora Axalta Coating Systems. A nova empresa manteve os grandes contratos globais, os principais canais de distribuição e já trabalha na ampliação em mercados emergentes.

“Investiremos US$ 50 milhões no Brasil até 2018. Em Guarulhos ampliaremos a célula de produção de tintas à base d’água por causa da demanda crescente. Novas fábricas que vêm por aí, como a da Honda, usarão esse tipo de produto”, afirma o presidente da empresa no Brasil, Antônio Carlos de Oliveira.

“Não para por aí. Estudamos a viabilidade econômica de uma nova fábrica de tintas decorativas. Ela pode ser erguida em nossa área de Guarulhos ou em outro local e também consideramos a aquisição de alguma instalação já existente”, diz Oliveira. Segundo o executivo, a empresa investe em aumento de produção também na China, onde haverá uma nova fábrica.

A nova marca Axalta (lê-se Eczalta) passa a representar a empresa em todos os seus produtos de revestimentos líquidos e em pó para pintura. A companhia fornece no mercado mundial tintas aplicadas por Fiat, Ford, General Motors, Mitsubishi, Volkswagen e Volvo, entre outras. Atende também o segmento de veículos comerciais pesados como caminhões, implementos rodoviários e máquinas agrícolas, além de locomotivas e vagões. Também atua no segmento de repintura automotiva com as marcas Standox e Standoblue.

“Nossas 35 fábricas estão localizadas perto de nossos clientes, em quatro continentes, para resposta rápida às demandas”, afirma o presidente mundial e CEO da Axalta, Charles Shaver. Além das 35 unidades fabris, a companhia tem 42 centros de repintura, sete de pesquisa e desenvolvimento, 4 mil centros de distribuição e 14 mil colaboradores.

No Brasil há cerca de 1,2 mil funcionários. Mil estão na unidade de Guarulhos (SP), a antiga DuPont Performance Coatings (DPC). Outros 200 colaboradores estão distribuídos nas dez filiais das fábricas dos clientes: na Ford, em Camaçari (BA); na Mitsubishi, em Catalão (GO); na Volkswagen e na Ford, em São Bernardo do Campo (SP); na Fiat, em Betim (MG); na Volvo, em Curitiba (PR); e na General Motors, em Gravataí (RS).



Tags: Tinta automotiva, repintura automotiva, Dupont, Axalta, Calyle, Charles Shaver, Antônio Carlos de Oliveira, Ford, Fiat, Volkswagen, Volvo, General Motors, Santadox, Standoblue, DPC.

Comentários

  • Amauri José Da Silva

    Acabei de ler esta noticia, e posso dizer que me deixou muito mais motivado do que quando comecei meu estágio á um mês atras, quero dizer que darei o máximo de mim para melhorar ainda mais meu desempenho dentro dessa companhia,estou muito satisfeito por fazer parte desse grupo, e dessa nova história, agradeço a oportunidade de esta atuando nessa empresa e desejo todo sucesso e tudo de bom nesta nova fase.

  • celio mateus

    uma duvida em tempo mudara o rotulu das embalagens Dupont para axalta . isto não vai provocar rejeição dos clientes

  • Danilo Ladeia

    Sem dúvida o grupo Calyle fez uma ótima aquisição, além de ser uma divisão de referência no grupo DuPont permite um fanstástico ambiente de trabalho. O Sr. Antonio Carlos de Oliveira participa e motiva as áreas acreditando em cada colaborador.

  • Carlos de Moraes.

    É bom saber que existem grupos sérios que acreditam no Brasil. Vamos acreditar também, fazendo cada um de nós a sua parte, para a nossa evolução social, cultural e econômica.

  • marcelo

    ola , trabalho com pinturas automotivas atuo com pinturas e reparos de onibus sem duvidas e um otimo produto e esta entre as lideres mundiais no ramo de revestimentos e repinturas , os produtos nao deixam a desejar , no meu trabalho ja e omologado dupont e sugerido desde as montadoras , parabens a gente so tem a progredir com desenvolvimentos de alta performance .

  • José Paulo

    Em toda minha vida profissional, achei uma ótima notícia para o mercado de repintura. Basta fazer um trabalho em conjunto no mercado brasileiro , por região a qual colocará a nova marca bem conhecida e marcante no mercado automotivo. Conte comigo. Atualmente trabalho a mais de 20 anos no Rio de Janeiro, e precisamos ter uma inovação de mercado.

  • edro marcelo

    quem e representante no estado para contato

  • Mateo Pinto Hurtado

    Soy de La Paz Bolivia y quisiera representar su marca en mi pais

  • francimar francisco rodrigues

    sou logista trabalho com materias de construcoes onde 70% da vendas sao tintas imobiliarias tenho interesse de ampliar no seguimento de tintas automotiva ja pronta,vendo a historia da empresa me senti mais confiavel e motivado a ivestir marca axalta.embreve serei parceiro dessa grande empresa.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência