NOTÍCIAS
21/05/2013 | 19h01

Importados

Kia mantém decisão de não se habilitar no Inovar-Auto

Para a empresa, cota de importação não compensa exigências do programa


REDAÇÃO AB

Depois de avaliar as regulamentações do Inovar-Auto divulgadas na segunda-feira, 20 (leia aqui), a Kia Motors confirmou que não pretende se habilitar no novo regime automotivo. A informação foi dada por José Luiz Gandini, presidente do Grupo Gandini, que representa a marca no Brasil, em entrevista à Agência Estado.

Para a empresa, a cota máxima de 4,8 mil veículos por ano que podem ser importados sem o adicional de 30 pontos no IPI não compensa a inscrição como importadora, já que o programa pede contrapartidas de eficiência energética, investimentos e pesquisa e desenvolvimento e adesão ao Programa de Etiquetagem Veicular do Inmetro.

A Kia é a maior importadora independente do País e foi uma das empresas que teve os negócios mais afetados pelo Inovar-Auto. A companhia via suas vendas acelerarem ao ritmo de dois dígitos antes do anúncio do aumento do IPI para carros importados de fora do Mercosul e do México. No primeiro quadrimestre de 2011 a empresa vendeu 25,2 mil carros no Brasil. Com o aumento do tributo, as vendas diminuíram para 13,9 mil unidades entre janeiro e abril do ano passado e ficaram em 9,9 mil veículos no mesmo período deste ano.

A empresa estuda a instalação de uma fábrica no Brasil. Ainda não foi definido se o projeto será conduzido apenas pela matriz coreana ou se terá parceria com o Grupo Gandini. O executivo aponta que, até que a decisão seja tomada, a importadora ficará fora do Inovar-Auto.

Comentários: 0
 

Comente essa notícia

Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de questões técnicas ou comerciais. Os comentários serão publicados após análise. É obrigatório informar nome e e-mail (que não será divulgado ao público leitor). Não são aceitos textos que contenham ofensas, palavras chulas ou digitados inteiramente em letras maiúsculas. Também serão bloqueados currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
Seu nome*: Seu e-mail*:

QUEM É QUEM NO SETOR AUTOMOTIVO

Encontre empresas e profissionais do setor.
Confira seus perfis e biografias.

Encontre empresas e profissionais do setor.

Encontre empresas e profissionais de comunicação.

Confira seus perfis e biografias.

COLUNISTAS

ALTA RODA | 16/01/2018
Quem liderou os principais segmentos em 2017

Esta coluna é apoiada por:

Advertisement Advertisement Advertisement
Advertisement Advertisement
AUTOINFORME | 10/01/2018
Só três dos 15 mais importados não são utilitários esportivos
QUALIDADE | 23/11/2016
Empresas do setor automotivo precisam atualizar sistema de qualidade até 2018
Indústria | 01/08/2016
Declaração do presidente da FCA evidencia crise no setor de autopeças
Pressão de montadoras adia controle de estabilidade obrigatório
Tecnologia | 13/03/2015
Setor enfrentará grandes mudanças nos próximos anos
DE CARRO POR AÍ | 12/01/2018
Que tal pagar uns R$ 64.000 pela versão Precision, 1.8, automática?
QUALIDADE | 01/12/2017
Envolver e motivar colaboradores é essencial para gerar bons resultados
DISTRIBUIÇÃO | 03/08/2017
Marca percorreu caminho árduo e conseguiu destronar a Toyota da 1ª posição
Tecnologia | 23/07/2015
Novas ferramentas de desenvolvimento encurtam caminho para a competitividade
MERCADO | 16/01/2015
Utilização do potencial só deve melhorar a partir de 2016
COMPETITIVIDADE | 08/04/2014
Interrupção do crescimento desafia fabricantes
Novas palavras, expressões e siglas podem levantar dúvidas sobre o futuro
QUALIDADE | 03/07/2017
Rota 2030 terá missão de levar a indústria automotiva nacional até o futuro
INOVAÇÃO | 19/01/2018
Há alguns obstáculos para fazer dar certo a relação entre elefantes e formiguinhas