Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Conjuntura | 09/05/2013 | 17h54

IBGE prevê alta de 14,2% na safra de grãos este ano

Produção nacional deve atingir volume recorde de 185 milhões de toneladas

AGÊNCIA BRASIL

A produção da safra nacional de grãos deve alcançar 185 milhões de toneladas este ano. A estimativa, referente ao mês de abril, é 14,2% maior que o resultado obtido em 2012 (161,9 milhões de toneladas) e 2% maior que a projeção de março (181,3 milhões de toneladas). Os dados fazem parte da quarta estimativa de 2013 da safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), divulgado na quinta-feira, 9, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) também divulgou na mesma data, em Brasília, estimativa para a safra de grãos. A estatal prevê que devem ser colhidos 184,15 milhões de toneladas de grãos no ciclo 2012/2013. O volume é 10,8% maior do que o da safra anterior, quando 166,17 milhões de toneladas foram colhidas. A diferença entre os dados divulgados pelo IBGE e pela Conab se deve aos períodos avaliados: o instituto analisa a colheita de janeiro a dezembro, enquanto a Conab se baseia no ano-safra, que vai de agosto a julho do ano seguinte.

Segundo o IBGE, a área a ser colhida em 2013 é estimada em 52,8 milhões de hectares, 8,2% maior do que a de 2012 (48,8 milhões de hectares) e 0,3% (mais 143.306 hectares) superior ao previsto no mês anterior. As três principais culturas – arroz, milho e soja – que representam 92,4% da produção de grãos, respondem por 86,1% da área a ser colhida. Em relação a 2012, foi estimado aumento da área a ser colhida de 0,9% para o arroz, 9,1% para o milho e 10,6% para a soja. Ainda na comparação com o ano passado, a produção do arroz deve crescer 5,1%; a do milho, 9,1%; e a da soja, 23,3%.

Entre os 26 produtos selecionados, 18 apresentam variação positiva na quarta avaliação, na comparação entre 2013 e 2012, e oito têm variação negativa.

Na comparação com a produção estimada no mês de março, destacam-se seis produtos: café arábica (1,8%), feijão primeira safra (-7%), feijão segunda safra (3%), milho segunda safra (7,3%), sorgo (7%) e trigo (11,1%).

Entre as regiões pesquisadas, a Centro-Oeste lidera na produção de cereais, com 74,5 milhões de toneladas, seguida da Sul (73,3 milhões de toneladas), Sudeste (19,5 milhões), Nordeste (13,1 milhões) e Norte (4,5 milhões). Comparando à safra passada, deverá haver aumento de 1,2% na Sudeste; de 5,2%, na Centro-Oeste; de 32,8%, na Sul; e de 10,4% na Nordeste. Na Região Norte, é estimado decréscimo de 4%.

Segundo o IBGE, o estado de Mato Grosso lidera como maior produtor nacional de grãos, com participação de 23,2%, seguido pelo Paraná (20,8%) e Rio Grande do Sul (15,4%). Os três estados, somados, representam 59,4% do total nacional.



Tags: Safra de grãos, IBGE, produção agrícola, Conab.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência