Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

| 11/07/2008 | 00h00

Trabalhando sob estresse na cadeia de produção

Acompanhar o grande crescimento na produção de veículos, que deve ultrapassar 15% este ano, é um dos maiores desafios para a indústria brasileira de autopeças.

Automotive Business

Acompanhar o grande crescimento na produção de veículos, que deve ultrapassar 15% este ano, é um dos maiores desafios para a indústria brasileira de autopeças. Estimativas do Sindipeças apontam para um inédito volume de 3,4 milhões de unidades produzidas em 2008 e 3,6 milhões em 2009. Com isso os fornecedores das montadoras enfrentam um verdadeiro estresse na cadeia de produção. Para avaliar com precisão os efeitos do acelerado aumento na produção, o Sindipeças, que representa cerca de quinhentas indústrias de autopeças em todo o País, encomendou pesquisa à consultoria Booz & Company, feita com 97 empresas de praticamente todos os segmentos da cadeia, como vidros, borrachas, forjados e plásticos, por exemplo. "Apesar da dificuldade que muitas empresas têm para investir no aumento de capacidade e dos problemas de falta de matéria-prima, ainda estamos conseguindo acompanhar o ritmo de crescimento das montadoras", afirma Flávio Del Soldato (foto), conselheiro do Sindipeças responsável pelo levantamento.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência