Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Comerciais | 26/04/2013 | 19h51

Rio Grande do Sul pode receber fábrica da Foton

Fabricante chinesa de caminhões quer iniciar construção este ano

REDAÇÃO AB

O Rio Grande do Sul é o Estado mais cotado para receber a fábrica brasileira de caminhões da chinesa Foton, conforme informou Orlando Merluzzi, vice-presidente da Foton Aumark, importadora oficial da marca no País. Segundo comunicado distribuído pela empresa na sexta-feira, 24, a planta ocupará área de 1,5 milhão de metros quadrados e irá gerar mais de 400 empregos diretos. “Será o primeiro condomínio industrial para uma fábrica de caminhões no Brasil com capacidade de produção de 20 mil unidades ano em um turno”, diz o executivo na nota – provavelmente sem lembrar de Resende (RJ), onde desde 1996 são montados os caminhões Volkswagen em regime de condomínio com os fornecedores atuando diretamente na linha de montagem.

A fábrica brasileira da Foton foi anunciada oficialmente em dezembro de 2012, mas ainda não havia definição sobre a localização. Segundo a Foton Aumark, que será responsável pela operação da unidade, a construção começa ainda este ano.

Enquanto a fábrica não sai, os caminhões chineses continuam a ser importados pela Foton Aumark para o Brasil, como acontece já há três anos. Segundo a importadora, neste período foram investidos R$ 1 milhão somente nas homologações oficiais dos modelos. Até dezembro deste ano a empresa estima importar mil unidades de modelos semileves e leves, de 3,5 a 8,5 toneladas de peso bruto total (PBT).

A Foton também tenta estruturar sua rede. Atualmente são dez concessionárias da marca no País e o objetivo abrir mais 30 até o fim de 2013. Para atrair interessados em vender os caminhões, a empresa propõe investimento de baixo custo em lojas enxutas e dispensa garantias financeiras que podem bloquear o patrimônio do investidor, com aporte inicial inferior ao necessário para abrir uma revenda das marcas já estabelecidas no mercado.

A Foton Aumark garante também que cliente que adquirir o produto já conta com atendimento em todo o território nacional. Além do setor de peças de oficina das próprias concessionárias, as revendas terão carro-oficina para socorro e as redes de distribuidores da Cummins e ZF (fornecedores dos motores e transmissões dos caminhões, respectivamente) também têm acordo para prestar serviços aos caminhões Foton.



Tags: Foton, Aumark, China, caminhão, Rio Grande do Sul, investimento, fábrica.

Comentários

  • Marcelo Andrade Herchcovitch

    Estranho que as outras mídias colocaram Rio Grande do Sul disputando com o Estado de São Paulo e vocês apenas citaram o RS. Sua notícia está um pouco diferente do que eu li em outros portais. Quanto a questão do condomínio, a confusão está na interpretação. O Merluzzi citou condomínio, acho que com fornecedores ao lado da fábrica e se bem me lembro, a fábrica da Volkswagen em Resende é um Consórcio Modular e não condomínio industrial. São conceitos muito diferentes. Se pensarmos em um condomínio como é a VW do Paraná, não me lembro de nenhuma fábrica de caminhões no Brasil com esse conceito, portanto seria mesmo a primeira no Brasil. Mas seja em São Paulo, seja no Rio Grande do Sul, essa história já está dando flor.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência