Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Trabalho | 19/04/2013 | 16h10

GM: metalúrgicos de Gravataí ameaçam greve

Trabalhadores querem PPR de R$ 15.355, abono de R$ 4,5 mil e novo piso salarial

REDAÇÃO AB

Nesta quinta-feira, 18, os metalúrgicos da General Motors de Gravataí (RS) entraram em estado de greve por reivindicações salariais. O sindicato da região e os trabalhadores fizeram assembleia e paralisações nas duas horas iniciais de cada um dos três turnos de trabalho da fábrica.

Uma das reivindicações é por novo piso salarial, que hoje está em R$ 1.022. Como comparação, o sindicato cita o piso de São José dos Campos (SP), de R$ 1.712. Os trabalhadores também pedem reajuste salarial de 12% e Programa de Participação nos Resultados (PPR) de R$ 15.355 (o valor obtido no ano passado foi de cerca de R$ 7 mil). O abono salarial pleiteado é de R$ 4,5 mil. A montadora não comentou o assunto nem emitiu comunicados a respeito

Na terça-feira, 23, ocorre uma reunião entre o sindicato e representantes da General Motors. O encontro antecede uma nova assembleia, marcada para quarta-feira, 24. A fábrica de Gravataí produz os modelos Celta, Onix e Prisma.

O Celta é o carro mais acessível da GM e o décimo mais vendido do Brasil no acumulado do ano, com 24.826 unidades. O Onix, lançado em outubro, ocupa o sexto posto nacional de vendas, com 33.679 emplacamentos. O novo Prisma, apresentado este ano, foi o 14º carro mais vendido em março, com 4.264 unidades. A procura aquecida por esses produtos tende a favorecer os metalúrgicos.



Tags: GM, General Motors, Gravataí, metalúrgicos, piso salarial, PPR, Celta, Onix, Prisma.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência