Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Indústria | 15/04/2013 | 18h20

Produtividade e qualidade são focos de montadoras

Fiat aposta em inovação e Hyundai em qualidade com rapidez para atender demanda nacional

SUELI REIS, AB

Para um mercado cujas vendas estimadas são de 3,5 milhões de veículos em 2013, uma das preocupações das montadoras instaladas no Brasil é garantir sua fatia deste bolo com produtos disponíveis e que atendam o perfil e a exigência do consumidor, cada vez mais exigente. Sob este cenário, traçado pelo superintendente do IQA, Mário Guitti, que mediou o painel As novas operações das montadoras de automóveis, o gerente geral de assuntos corporativos, relações governamentais e de recursos humanos da Hyundai do Brasil, Ricardo Martins, e Antonio Damião, diretor adjunto de projetos especiais da Fiat Automóveis, falaram sobre os desafios e planos para as novas fábricas que as duas marcas projetaram para o País durante o Simpósio SAE Brasil Manufatura, realizado na segunda-feira, 15, em São Paulo.

O executivo da Fiat observa que competitividade exige inovação e é este o caminho que a empresa segue para conceber seu novo polo produtivo que está em fase de construção na cidade de Goiana, a 62 quilômetros da capital Recife (PE). A unidade, cujas operações estão previstas para o início de 2015, nascerá com o conceito World Class Manufacturing (WCM), metodologia aplicada globalmente pelo grupo focada na eliminação de perdas e desperdícios e na melhoria contínua da qualidade, eficiência e segurança nas linhas de produção.

“Os produtos que a Fiat fará em Pernambuco também nascerão dentro da lógica do Inovar-Auto, que exige, entre outros itens, inovação e maior eficiência energética, e isso inclui a fábrica de motores que o polo vai ter”, afirma Damião.

Ele acrescenta que a regulamentação do Inovar-Auto é extremamente positiva para a evolução da indústria nacional. A partir do conceito que a montadora adotou, de aprender com os erros, a fábrica pernambucana utilizará processos modernos que segundo Damião, garantirão uma produção eficaz e de qualidade, dentro dos padrões do grupo e do Inovar-Auto.

O desafio de construir e conceber uma fábrica moderna já foi ultrapassado pela Hyundai, que agora busca pelo que a montadora chama de consolidação da produção. Para Martins, o sucesso do HB20 exigiu a antecipação do processo de introdução de novos turnos: “Inauguramos a fábrica oficialmente em novembro, logo passamos para o segundo turno e agora, entramos em uma nova etapa: há duas semanas, anunciamos a contratação de mais 700 pessoas para a abertura do terceiro turno”, conta.

A consolidação da produção, segundo o executivo, é cadenciar o ritmo da linha de montagem nos três períodos. “Nossa produção é focada em qualidade, não em quantidade, por isso é feita por fases: inauguramos o primeiro turno, nos sentimos confortáveis com ele, partimos para o segundo e agora, o terceiro segue a mesma concepção. Os novos funcionários serão treinados tanto no primeiro quanto no segundo turno, durante o mês de agosto para começar seu trabalho em setembro”, explica. A unidade de Piracicaba produz 34 veículos por hora e está prestes a alcançar seu limite de capacidade, de 150 mil veículos, já que as vendas do modelo estão alcançando a média de 12,5 mil unidades por mês.

Segundo Martins, a fila de espera do HB20 está no patamar da média do mercado, “algo como 30 dias”. Mas pelo menos por enquanto, a produção brasileira da Hyundai ainda terá o HB20 como protagonista: o executivo afirma que não há informações por parte da matriz sobre um novo produto que deverá dividir as linhas de montagem de Piracicaba com o HB20. Ele informa que outros produtos da gama, incluindo o i30, não estão em questão e descarta uma produção conjunta com a Kia, uma das marcas do Grupo Hyundai.

“Não há planos de quando poderemos ter um novo projeto em Piracicaba, mas o futuro da fábrica é enorme, temos capacidade para crescer.”



Tags: Hyundai, Fiat, SAE Brasil, manufatura, fábrica, Piracicaba, HB20, Goiana, Pernambuco, Betim.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência