Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Lançamentos | 08/04/2013 | 15h06

Suzuki mostra nova motocicleta de baixo custo

Com parcelas de R$ 85,29 no consórcio, modelo abre mão de rodas de liga leve e partida elétrica

REDAÇÃO AB

A oportunidade de ganhar mercado pelo consórcio, com parcelas a partir de R$ 85,29, levou a Suzuki a apresentar a GS 120, uma motocicleta bem mais simples que os modelos de 125 cc que vem produzindo no Brasil desde o fim dos anos 1990. Nada de freio dianteiro a disco, rodas de liga leve, marcador de combustível ou partida elétrica. Com preço sugerido de R$ 3.990, a novidade estará nas concessionárias em maio.

A GS 120 chega no momento em que as fabricantes usam o consórcio como alternativa à dificuldade de aprovação de crédito e exigência de entrada para a compra do bem. Como consequência, a participação do consórcio nas vendas vem crescendo. Era de 27% em 2011 e está em 38%, segundo dados da Abraciclo, associação que reúne fabricantes do setor.

A nova moto utiliza motor de um cilindro e 8,4 cv de potência. Apesar do despojamento geral, a GS 120 traz painel com hodômetro parcial e o indicador de marcha engatada. A suspensão traseira tem amortecedores ajustáveis. A transmissão tem apenas quatro velocidades, como ocorre com sua concorrente Dafra Super 100. O tanque de combustível comporta 9,2 litros. A Suzuki ocupa o terceiro lugar em vendas no Brasil, com 2,3% do mercado e 8.063 unidades emplacadas nos três primeiros meses deste ano. Com a GS 120, a fabricante poderá distanciar-se um pouco mais da Dafra, que a seguiu de perto durante todo o ano de 2012.



Tags: Suzuki, GS 120, consórcio, hodômetro parcial, Dafra Super 100.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência