Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Segurança | 05/04/2013 | 21h31

Ministério da Justiça quer saber se recall da Hyundai e Kia atinge Brasil

Nos EUA, 1,8 milhão de carros das duas marcas precisam fazer reparos em sistema eletrônico

REDAÇÃO AB

O Ministério da Justiça quer saber se o recall de 1,8 milhão de veículos Kia e Hyundai nos Estados Unidos anunciado na quarta-feira, 3 (leia aqui), também atinge modelos das duas marcas coreanas já vendidos no Brasil. A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), ligada ao MJ, encaminhou na sexta-feira, 5, notificação às empresas importadoras Caoa e Kia Motors do Brasil, solicitando esclarecimentos sobre o chamado.

Nos Estados Unidos, o motivo da campanha de recall foi o defeito encontrado em um sistema eletrônico que pode causar mau funcionamento das luzes do freio, piloto automático, botão de ignição e impedir que a alavanca de câmbio saia da posição “P” (estacionamento), além da possibilidade de funcionamento incorreto do alerta de controle da estabilidade.

O recall soma 1,05 milhão de unidades de sete modelos da Hyundai e outros 623,6 mil de seis carros da Kia, fabricados entre 2007 e 2011. Os Hyundai envolvidos são Accent e Tucson (2007-2009), Elantra (2007-2010), Santa Fé (2007-2011), Veracruz (2008-2009), Genesis (2010-2011) e Sonata (2011). Os Kia são Optima (2011), Rondo (2007-2010), Sedona (2007), Sorento (2007-2011), Soul (2010-2011) e Sportage (2007-2010).

“Conforme estabelecido por recomendação do Grupo de Estudos Permanentes de Acidente de Consumo, para garantir o direito à informação também aos consumidores brasileiros, os representantes nacionais de fornecedores estrangeiros devem comunicar às autoridades brasileiras competentes sempre que produtos ou serviços objeto de recall no exterior não atingirem o mercado brasileiro”, diz a nota da Senacon distribuída no fim da tarde de sexta-feira.



Tags: Hyundai, Kia, Caoa, recall, Estados Unidos, Brasil, Ministério da Justiça, Senacon.

Comentários

  • Julian Cassimiro

    Todo dia 15 de Março na China aconteçe o que chamammos de Dia do Consumidor. No episódio deste ano, a JAC MOTORS e a WOLKSVAGEN foram fortemente criticadas por dois aspectos de segurança: JAC MOTORS: Ferrugem na carroceria de carros com menos de 1 ano. VOLKSVAGEM: Caixa de câmbio automático de alguns veículos acelera ou desacelera subtamente sem controle do motorista. O mais interessante disso foi o controle da JAC na mídia do dia seguinte por-debaixo-dos-panos! Pasme! Um problema com este poderia incitar um mega recall, carros enfileirados nas portas das distribuidoras, queda de vendas abrupta e queda livre nas açoes da empresa .. e nada..

  • Julian Cassimiro

    Já temos pessoas reclamando de problema de ferrugem da carroceria dos novíssimos J3. A Jac de fato é uma montadora séria, como muitas outras chinesas, mas deverá ser o mesmo. Que o ministério da Justiça procure saber de tais incidências no Brasil, e tome as devidas providências.

  • Márcio

    Shiii

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência