Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Internacional | 28/03/2013 | 19h10

Chevrolet lança Camaro 2014 com visual renovado

E traz de volta o superpotente Z/28

REDAÇÃO AB

A Chevrolet apresentou no Salão do Automóvel de Nova York a linha Camaro 2014 que chega às concessionárias dos Estados Unidos até o final deste ano com visual renovado. A principal novidade é o retorno do Z/28, o modelo mais emblemático da história do esportivo. O atual Z/28 é inspirado na sua primeira versão de 1967, estreia em competições este ano, e já promete ser o melhor Camaro já desenvolvido para pista.

Essa é a maior mudança que a linha Camaro recebe desde que foi divulgado o carro-conceito de 2006. O carrão ganhou principalmente em aerodinâmica. Está com pinta de carro mais largo e mais baixo, mas continua com as mesmas dimensões. Isso porque a equipe de designers da General Motors estreitou a grade frontal e os faróis dianteiros, destacou os para-choques e alargou as lanternas.

A VOLTA DO Z/28

Três segundos mais rápido do que a versão ZL1 do Camaro, o Z/28 passou por uma série de adaptações. A velocidade é justificada por três fatores: o chassi foi recalibrado para que ele faça curvas com maior aproximação do chão, os freios da marca Brembo tornar a frenagem mais uniforme, e o modelo está mais leve, pesando 136 quilos a menos do que o Camaro ZL1, e 25 a menos do que o Camaro SS.

"Enquanto o ZL1 oferece performance excepcional nas ruas, em arrancadas e pista, o Z28 é inteiramente focado para pistas", declarou Al Oppenheiser, engenheiro chefe do projeto do Camaro.

O Z/28 será vendido como uma versão intermediária entre o SS e o ZL1. Para reforçar o apelo esportivo, terá apenas transmissão manual. O ar-condicionado é opcional, já que aumentaria o peso do carro. O motor é um V8 de 7 litros, usado na estreia do Corvette Z06. O propulsor é montado a mão e rende, segundo a GM, 507 cavalos de potência, com torque máximo de 64,95kgfm.

No interior, o Camaro Z/28 apresenta acabamento fosco metálico, volante de fundo chato e assentos em camurça. Os quatro lugares foram mantidos. Al Oppenheiser explicou o porquê: “Ao contrário do Ford Mustang Boss 302, nós achamos importante manter a configuração 2+2 no Z/28 afinal a Chevrolet já tem um esportivo de dois lugares de fama mundial, o Corvette.”



Tags: Chevrolet, Camaro, Salão do Automóvel de Nova York, Z/28.

Comentários

  • Leonardo

    FANTASTICO. QUERO UM.....

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência