Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Segurança | 22/03/2013 | 12h40

Cesvi: 39% dos carros nacionais saem de fábrica sem ABS

Em compensação, 91% dos importados têm o sistema antitravamento

REDAÇÃO AB

A pouco menos de um ano de entrarem em vigor as resoluções 380 e 395 do Contran, que estabelecem o uso obrigatório de ABS em todos os veículos zero-quilômetro vendidos no Brasil a partir de janeiro de 2014, 39% dos automóveis nacionais ainda saem de fábrica sem o sistema antitravamento de rodas. É o que aponta um levantamento realizado pelo Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi Brasil) com veículos de 45 montadoras, totalizando 319 modelos em mais de 920 versões disponíveis no mercado brasileiro.

Mas no caso dos carros importados vendidos no País a situação é bem diferente. De acordo com o estudo, com 42 montadoras que oferecem 221 modelos em 590 versões, 91% têm ABS de série e 70% são equipados ainda com ESP, o sistema de controle de estabilidade. “Devido às exigências dos padrões internacionais, é natural que os índices sejam mais elevados nessa categoria”, justifica Almir Fernandes, diretor executivo do Cesvi.

SEGMENTOS

O Cesvi analisou cada segmento. No de hatches compactos, responsável por cerca de 57% das vendas em 2012, 54% das versões têm ABS de série. Isso significa que, dentre as 122 versões dos 26 modelos pesquisados, pouco mais da metade possui o acessório como item de fábrica. Porém, mais de um quarto (27%) não possui o item disponível nem como opcional. Além disso, nenhum oferece ESP.

O porcentual é igual para o segmento de sedãs compactos: 54% possuem o sistema antitravamento, sendo que em 22% deles o sistema não está disponível nem como opcional. O ESP nesse segmento também está fora do pacote.

Na categoria de sedãs médios, que representa uma fatia de 8,5% das vendas de veículos de passeio, a situação é um pouco melhor. Quase todas as versões (99%) possuem ABS de série, e não há nenhum carro sem o item pelo menos como opcional. Melhora também para o ESP, que atinge mais da metade das 66 versões dos 21 modelos pesquisados das 20 montadoras analisadas.

MARCAS

O estudo ainda fez um comparativo entre os carros que circulam no Brasil e na Argentina. Entre as quatro grandes montadoras nacionais, a General Motors aparece em primeiro lugar com 84% de suas versões equipadas com ABS, seguida pela Fiat e Volkswagen, com 73%, e Ford com 65% das versões.



Tags: Cesvi, ABS, automóveis, segurança, ESP.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência