Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Renault renova o utilitário Master
Mudou tudo nos novos Master

Lançamentos | 06/03/2013 | 17h57

Renault renova o utilitário Master

Com o novo modelo marca espera manter liderança no segmento

PEDRO KUTNEY, AB | De Curitiba (PR)

Parte do esforço da Renault em aumentar sua penetração no mercado brasileiro de veículos comerciais, chega no próximo 18 de março nas concessionárias da marca o novo Master, renovado a partir do mesmo projeto lançado em 2010 na Europa. O fabricante investiu R$ 250 milhões para remodelar totalmente, por dentro e por fora, o utilitário de uso misto (passageiros e carga) produzido no Complexo Airton Senna, em São José dos Pinhais (PR) – único lugar fora da França onde é fabricado desde 2002. Segundo o presidente da empresa no Brasil, Olivier Murguet, este é o primeiro lançamento de produto no País financiado pelo atual plano de investimento de R$ 1,5 bilhão, previsto para ser aplicado de 2010 a 2015.

A missão do novo Master é manter a liderança conquistada pela Renault nos últimos seis meses no segmento de comerciais leves grandes (vans, furgões e minicaminhões chassi-cabines), com 24,4% de participação no segmento atualmente. As vendas do modelo vêm registrando avanços expressivos ano a ano desde 2009, quando foram emplacados 3.853 Master, o volume que cresceu para 8.662 em 2012, com incremento de 25%, e de 16% na comparação com 2011. Enquanto no ano passado o mercado de utilitários encolheu 0,8%, as vendas da marca francesa cresceram 24,5% - incluindo aí também a multivan Kangoo.

“Com o lançamento aqui da nova geração do Master, creio que este ano vamos avançar ainda mais e podemos até ter limitações de produção para atender toda a demanda”, confia Frédéric Posez, diretor de marketing da Renault Brasil. De acordo com ele, o principal vetor de crescimento da marca no segmento de comercias tem sido o amento de foco. “Criamos uma equipe focada nessa área, abrimos a rede especializada em comerciais Pro+ (que chega este ano a 53 pontos) e mantivemos preços competitivos com boa relação custo-benefício.”

REDUÇÃO DE CUSTOS

O novo Master tem 12 versões e, segundo Posez, não houve aumento significativo de preços em nenhuma delas. “Houve até redução. Na van de passageiros topo de linha o valor caiu R$ 10 mil”, diz o executivo.

Renault
Master renovado tem versões para passageiros, furgão fechado e envidraçado (à direita)

A opção mais barata é a chassi-cabine com capacidade para 1,8 mil quilos, que sai por R$ 85.710. O veículo pode receber um baú de até 14,5 metros de comprimento e abrigar 8 metros cúbicos de carga. A Renault tem transformadores para fazer o serviço sem perda de garantia. Existem ainda três opções de furgões fechados, três furgões envidraçados, um minibus escolar e quatro modelos para passageiros, que levam até 16 pessoas.

Para ganhar mercado, a Renault salienta a redução do custo de utilização da nova geração. Nos primeiros 60 mil quilômetros as revisões foram cortadas de quatro para três e o valor básico a ser gasto nesse período caiu perto de 50%, de R$ 4,3 mil na versão anterior para R$ 2,2 mil agora, contra R$ 3,9 mil nas quatro revisões do principal concorrente, o Fiat Ducato. Foi aumentado o tempo de troca do filtro de óleo para 20 mil km e do líquido de arrefecimento para 160 mil km.

O novo motor diesel M9T – ainda importado da França – teve a capacidade volumétrica reduzida de 2,5 para 2,3 litros e, ainda assim, ganhou em eficiência. A potência subiu de 115 para 130 cavalos, mas o consumo caiu um pouco. Outro fator de economia é a árvore de comando acionada por corrente, que não precisa de trocas periódicas como é o caso da correia dentada de borracha usada na geração anterior.

Ajudam também a aumentar a eficiência o novo computador de bordo com indicação de consumo e o Gear Shift System, que alerta o motorista sobre o melhor momento para trocas de marcha em condução econômica. O Oil Control System avisa o tempo correto para completar o óleo ou fazer trocas.

TUDO NOVO

Renault
Faróis alongados e lanternas maiores. No interior, painel também é novo.

Além do motor, tudo é novo no Master que chega às concessionárias Renault este mês. Por fora, o design foi renovado, incluindo faróis alongados na dianteira, lanternas maiores na traseira e comprimento que cresceu 30 centímetros, garantindo 17 centímetros a mais na porta corrediça lateral e espaço maior no compartimento de bagagem das versões para passageiros, que cresceu para mil a 1,7 mil litros, dependendo da versão.

Por dentro também tudo mudou, com volante inclinado a 45 graus que traz ganho de conforto na posição de dirigir (mais ao estilo de um automóvel de passeio). A grande área envidraçada do para-brisa fornece o maior ângulo de visão da categoria, segundo o fabricante.

A segurança melhorou: agora o utilitário da Renault vem de série com airbags frontais e freios com ABS (sistema antitravamento). Com isso, a distância de frenagem de 100 a 0 km/h caiu de 48 para 44 metros.



Tags: Renault, Master, furgão, van, minibus, mercado, lançamento.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência