Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 01/03/2013 | 21h00

Vendas perdem ritmo em fevereiro

Emplacamentos de veículos leves caem 25% sobre janeiro e de caminhões recuam 16,6%

PEDRO KUTNEY, AB

As vendas de veículos leves em fevereiro ficaram perto de 222,5 mil unidades, segundo dados apurados por Automotive Business. O resultado representou queda de 5,7% sobre o mesmo mês de 2012 e de 25% ante o recorde de 297.187 automóveis e utilitários emplacados em janeiro passado. Esse desempenho já era amplamente esperado, tendo em vista que fevereiro tem menos dias e o deste ano teve um dia útil a menos do que no ano anterior (17 contra 18).

Outro fator que impactou negativamente as vendas foi a subida de preços, com a eliminação gradual do desconto de IPI determinado pelo governo no fim de 2012. Em janeiro a maioria dos fabricantes ainda segurou os valores no mesmo patamar de dezembro, provocando o aquecimento recorde do mercado. No mês passado esse movimento se arrefeceu.

Mesmo com o resultado desfavorável de fevereiro, as vendas 519,7 mil veículos leves no acumulado primeiro bimestre do ano seguem no campo positivo, em alta de 6,4% na comparação com os dois primeiros meses de 2012.

CAMINHÕES

Os emplacamentos de quase 10 mil caminhões em fevereiro representam baixa de 16,6% sobre janeiro e de 9% diante do mesmo mês de 2012. O desempenho do segmento segue assim abaixo do verificado no início do ano passado, apesar das condições favoráveis de financiamento, com juros de 3% ao ano pelo BNDES/PSI.

A queda é explicada, principalmente, pelas vendas de estoques de caminhões Euro 3, mais baratos, que foram produzidos até dezembro de 2011 e podiam ser faturados pelas fábricas para as concessionárias até o fim do primeiro trimestre do ano passado. Isso ocorreu devido à mudança da legislação de emissões de poluentes para motores diesel, com a entrada em vigor do Proconve P7 em janeiro de 2012, que obrigou os fabricantes a equipar os caminhões com motorização Euro 5, encarecendo os veículos de 8% a 15%. Assim, só após o fim de março será possível aferir com maior precisão o ritmo real do mercado de comerciais pesados.

No primeiro bimestre deste ano, as vendas de caminhões somam cerca de 22 mil unidades, o que representa queda de 8% sobre o mesmo período de 2012.



Tags: Mercado, emplacamentos, vendas, resultado, veículos, caminhões, leves.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência