Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Indústria | 25/02/2013 | 12h54

GM de São Caetano do Sul passa por ampliação

Grande canteiro no meio da fábrica se opõe à ociosidade em São José dos Campos

REDAÇÃO AB

Um local antes utilizado como depósito de peças da fábrica da General Motors de São Caetano do Sul (SP) abriga atualmente a linha de montagem dos modelos Cobalt, Cruze e Spin. Segundo reportagem publicada no jornal O Estado de S. Paulo, um grande canteiro de obras no meio da fábrica indica que a unidade do ABC paulista ainda passa por ampliações.

De acordo com a reportagem, São Caetano produz modelos que deveriam estar sendo montados na fábrica de São José dos Campos (SP), mas a falta de entendimento com o sindicato dos metalúrgicos tirou dali pelo menos R$ 1,5 bilhão para a produção do sedã Cobalt e da minivan Spin.

Assim, enquanto a reestruturação da unidade de São Caetano do Sul (SP) permitiu a montagem em três turnos de cerca de 25 mil unidades mensais distribuídas entre Cobalt, Spin, Montana, Classic e Cruze, o setor de Montagem de Veículos Automotores (MVA) de São José dos Campos fabrica cerca de 3,2 mil unidades do Classic em um turno.

Ainda segundo o jornal, para realizar as mudanças que ampliarão de 210 mil para 270 mil veículos a capacidade da fábrica de São Caetano do Sul, as atividades foram suspensas por duas semanas em 2011 e outras duas em 2012. A maior parte do serviço ocorreu em paralelo à produção, nos fins de semana e feriados.

A linha recebeu 158 novos robôs para solda e quatro para pintura. Com as modificações, a unidade ganhou 16 mil metros quadrados de área construída, que totalizam agora 322 mil m². Em entrevista ao Estadão, o presidente da General Motors da América do Sul e Brasil, Jaime Ardila, admitiu que a construção de uma nova fábrica no Brasil seria uma das soluções para ampliar a capacidade produtiva anual, caso o mercado doméstico continue crescendo em índices próximos a 5% ao ano. A montadora deve anunciar um novo plano de investimentos no segundo trimestre deste ano.



Tags: General Motors, GM, São Caetano do Sul, São José dos Campos, MVA, Cobalt, Cruze, Spin, Classic, Jaime Ardila.

Comentários

  • Sidnei

    Bom dia. Estas ações que o sindicato de S.J. Campos está adotando, será absorvida e constatada quando a GM se retirar por completo da área, devido a inflexibilidade do sindicato e também do prefeito, porque este tipo de ação irá repercutir na população local, devido ser um efeito dominó. Mas por outro lado também pode ser um jogo político de interesse para que a GM se retire do local e se instale outro fabrica qualquer. Portanto fica ai uma incógnita.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência