Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Balanço | 14/02/2013 | 18h21

General Motors lucra menos em 2012

Perdas na Europa e prejuízo nos EUA pesam no resultado final. América do Sul volta ao azul.

REDAÇÃO AB

A General Motors encerrou 2012 com queda de 35,5% no lucro líquido, para US$ 4,9 bilhões (ou US$ 2,92 por ação) contra os US$ 7,9 bilhões do ano anterior (US$ 4,58 por ação), segundo balanço divulgado na quinta-feira, 14. Enquanto a receita da montadora cresceu 1% no ano passado, de US$ 150,3 bilhões em 2011 para US$ 152,3 bilhões, o Ebit (lucro antes de juros e impostos) caiu 4,8%, para US$ 7,9 bilhões, considerando a mesma base de comparação. As vendas da companhia subiram 3,3%, de 9 milhões para 9,3 milhões de veículos em 2012.

Maiores perdas na Europa influenciaram diretamente a queda do Ebit no ano passado: na região a GM registrou prejuízo de US$ 1,8 bilhão, mais do que o dobro do ano anterior, quando houve perdas de US$ 700 milhões. Este foi o 13º ano seguido de perdas no continente. Na América do Norte, o prejuízo caiu, passando de US$ 7,2 bilhões em 2011 para US$ 7 bilhões no ano passado.

Em contrapartida, as nações emergentes ajudaram a minimizar a queda no lucro: na América do Sul a montadora saiu de prejuízo de US$ 100 milhões em 2011 para lucro de US$ 300 milhões, enquanto que o Ebit das operações internacionais da GM, que incluem as regiões Ásia-Pacífico, Leste Europeu e Rússia, África e Oriente Médio cresceu 15,7%, para US$ 2,2 bilhões.

As operações financeiras da companhia registraram aumento de 16,6% dos ganhos de 2012, para US$ 700 milhões.

Segundo o CEO da GM, Dan Akerson, 2012 foi um ano sólido e o terceiro consecutivo com registro de lucro, embora os ganhos tenham sido menores. “Tomamos medidas significativas para colocar a empresa em um caminho sólido para um crescimento futuro. Este ano nossa prioridade será a execução de lançamentos, controle de custos e entrega de mais veículos para nossos clientes com valores excepcionais”, declarou em nota.

O CFO da companhia e vice-presidente sênior, Dan Ammann, também comentou o resultado: “Com a nossa cadência agressiva de lançamentos de veículos e foco na melhoria da gama topo de linha combinada com a disciplina rigorosa de custos nos ajudará a continuar gerando resultados fortes para avançar”.



Tags: General Motors, GM, lucro líquido, Ebit, receita, Dan Akerson.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência