Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Leves | 14/02/2013 | 17h50

Peugeot: do 205 ao 208, 30 anos e 17 milhões

Francesa celebra sucesso da sua série 2

REDAÇÃO AB

A Peugeot comemora na sexta-feira, 15, 30 anos do lançamento do compacto 205, que teve cerca de 5,3 milhões de unidades produzidas até 1999, quando saiu de linha. O modelo sucedeu os 201, 202, 203 e 204, mas foi o primeiro a dar relevância mundial à marca francesa.

Depois do 205, o sucessor 206 foi o carro mais vendido da Peugeot em todos os tempos, com 8 milhões de unidades em todo o mundo - inclusive no Brasil, onde o carro chegou em 1999, primeiro vindo da Argentina e de 2001 a 2009 produzido na fábrica brasileira de Porto Real (RJ).

Em 2006 a Peugeot lançou na Europa o 207 mais sofisticado e com plataforma ampliada, pouco maior do que o 206, que foi mantido em produção para o mercado europeu até 2010. No Mercosul, lançou em 2008 um 207 diferente, na verdade uma versão melhorada sobre a mesma plataforma do 206. O 207 sul-americano segue em produção até hoje e conviverá com o 208 no mercado brasileiro.

Agora as apostas da Peugeot convergem sobre o 208, que retoma dimensões reduzidas e volta a ser um carro global, a ser produzido em várias partes do mundo. O Peugeot 208 foi lançado na Europa no primeiro semestre de 2012, fabricado na França (Poissy) e Eslováquia (Trnava), e já começou a ser produzido em larga escala no Brasil no fim de janeiro (leia aqui), onde deve ser vendido a partir de abril.

Depois de alguns meses de sua estreia, o 208 encerrou 2012 com 220 mil unidades vendidas em todo o mercado europeu e foi líder de vendas de seu segmento (B) em dezembro. Nas primeiras seis semanas de 2013, o compacto teve 45% mais pedidos do que o 207 no mesmo período de 2012. Em abril, será lançado na Europa o 208 GTi, a versão esportiva do modelo.



Tags: Peugeot, 205, 208, veículos, compacto.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência