Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Balanço | 08/02/2013 | 19h16

Delphi repete em 2012 resultados de 2011

Lucro líquido de US$ 1,1 bilhão e faturamento de US$ 15,5 bilhões ficaram estáveis

REDAÇÃO AB

A Delphi praticamente repetiu em 2012 o mesmo resultado financeiro de 2011. A companhia divulgou nesta semana que o lucro líquido apurado foi de US$ 1,1 bilhão em ambos os anos, contra faturamento mundial de US$ 15,5 bilhões, também quase idêntico ao do exercício anterior. As vendas cresceram 11% na Ásia e 6% na América do Norte, mas esse desempenho positivo foi ofuscado pelas quedas de 6% nas receitas na América do Sul e Europa. A companhia alega que a desvalorização do euro e do real no Brasil, principal mercado sul-americano, influenciaram negativamente o resultado em dólares.

O Ebtida (ou Lajida, lucro antes do pagamento de juros, impostos e depreciação de ativos) também permaneceu praticamente estável, de US$ 2,14 bilhões em 2011 para US$ 2,15 bilhões em 2012, mas a margem operacional da Delphi sobre seu faturamento melhorou um pouco, passando de 13,4% para 13,8%.

Segundo a empresa, os melhores resultados foram obtidos nos negócios de arquitetura eletroeletrônica (chicotes), powertrain, segurança e eletrônica, que foram parcialmente ofuscados por ganhos baixos da divisão Thermal e taxas de câmbio desfavoráveis.

Em 31 de dezembro, a Delphi reportou caixa líquido de US$ 1,1 bilhão e acesso a linhas de crédito pré-aprovadas no total de US$ 1,3 bilhão, garantindo à companhia liquidez de US$ 2,4 bilhões. O total do endividamento a pagar a partir do inínio de janeiro de 2013 era de US$ 2,5 bilhões.

“Conforme esperado, os níveis da produção europeia de veículos continuam fracos, e conforme previamente anunciado, iniciamos significativas ações de reestruturação, especialmente na Europa, que acreditamos irão trazer benefícios futuros. Manter e melhorar nossa estrutura operacional enxuta é algo de extrema importância para nós, assim acreditamos que poderemos entregar melhores resultados a nossos acionistas”, declarou em nota Rodney O’Neal, chefe executivo da companhia.

Devido às incertezas econômicas, a Delphi declarou que aumentou seu plano de cortes de gastos de US$ 250 milhões para US$ 300 milhões, 75% dos quais serão realizados na Europa, com fechamento de operações e demissões de funcionários, em ações que devem ser executadas até o fim de 2013.

Para este ano, a Delphi espera elevar o faturamento mundial para US$ 16,2 bilhões a US$ 16,6 bilhões, em elevação de 4,5% a 7% sobre 2012, e aumentar o Ebtida para US$ 2,32 bilhões a US$ 2,42 bilhões, o que significará crescimento entre 8% e 12,8%.



Tags: Delphi, balanço, resultado, finanças.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência